Paulo Dybala confessou que esteve próximo de abandonar a Juventus no último verão e que só o fecho do mercado impediu a sua saída.

"A Juve não contava comigo, não queria que eu continuasse aqui. Foi quando me contactaram e havia alguns clubes interessados. Entre os quais o Manchester United e o Tottenham, depois o PSG. Houve conversações entre os clubes, mas queria ficar.

"Estou feliz na Juventus, mas quem não gostava de jogar no Barça? A renovação não depende apenas de mim. Vamos esperar", disse Dybala em declarações à CNN, que certamente já estão a agitar as águas no clube do norte de Itália.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.