O AC Milan regressou hoje às vitórias na Liga italiana de futebol, ao bater em casa a Fiorentina por 1-0, quebrando um 'jejum' que durava desde 07 de outubro e seguindo no terceiro lugar.

Sem o português Rafael Leão, que está lesionado, e sem Olivier Giroud, suspenso, foi outro francês a marcar na partida, Theo Hernandez, que concretizou com êxito uma grande penalidade, aos 45+2 minutos.

Hernandez foi derrubado na grande área por Fabiano Parisi e ele mesmo se encarregou depois de bater o penálti.

Outro internacional gaulês, Mike Maignan, esteve em destaque, na baliza milanesa, com uma série de boas intervenções, incluindo uma defesa de cabeça já nos descontos finais.

Desde 07 de outubro, o AC Milan somava duas derrotas e dois empates, 'descolando' de Inter Milão e Juventus - está, após 13 jogos, no terceiro lugar, com 26 pontos, enquanto Inter tem 31 e Juventus 29, ambos com um jogo a menos.

O sucesso de hoje retira alguma pressão ao técnico Stefano Pioli, que tem, na terça-feira, um adversário complicado na Liga dos Campeões, o Borussia Dortmund, líder do respetivo grupo.

Os lombardos, após quatro jornadas, seguem em terceiro no Grupo F, atrás dos alemães e também do Paris SG, correndo sério risco de cair para a Liga Europa.

Destaque ainda, no jogo de hoje, para a estreia de Francesco Camarda, do AC Milan, lançado no jogo aos 83 minutos - Com 15 anos, oito meses e um dia, passa a ser o mais jovem jogador de sempre na Serie A.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.