Adel Taarabt está disposto a apagar a má imagem que deixou nos últimos anos e voltar a mostrar o que vale. O jogador marroquino parece ter encontrado no Génova a motivação que lhe faltou para triunfar no Benfica. Em entrevista ao jornal italiano 'Gazzetta dello Sport', o criativo explicou o mudou depois de deixar o Benfica.

"Enquanto miúdo encontrei sempre treinadores que me trataram como um filho, mas tudo mudou no Benfica. Depois, quando cheguei ao Génova, estava fora de forma e tive problemas. Mas acabei por perceber que tinha de ir falar com o treinador. Falámos e ele disse-me que se fizesse as coisas bem poderíamos começar de novo. Não sei se posso dizer que ficámos amigos, mas mudou a minha vida. Fisicamente, perdi 11 quilos!", explicou.

Apesar de estar melhor do que antes, o jogador de 28 anos admite que nunca mais voltará a forma que já exibiu no AC Milan.

"No início de carreira estava apenas a focar-me no talento e não acreditava muito na necessidade de correr. Queria vencer apenas à minha maneira. Agora percebi que o futebol é um jogo coletivo e para se ser um jogador completo tens de sofrer. Estou a voltar; não serei o mesmo de antes, mas estou a voltar. [...]. Não acredito que possa chegar à minha melhor forma, mas com este novo preparador físico posso voltar a jogar bem e ajudar o Génova a vencer. Seria fantástico vencer e ouvir os adeptos cantar o meu nome", admitiu o jogador que está emprestado pelo Benfica.

No Génova, Taarabt reencontrou o amor pelo futebol e a vontade em voltar a triunfar. E essa vontade tem o ´dedo` de um português: Miguel Veloso, seu colega de equipa.

"É um verdadeiro exemplo. Está sempre pronto a ajudar o próximo. É um irmão para mim", elogiou Taarabt, que voltou a falar dos problemas que já teve com o seu peso.

"Sou solteiro, gosto de sair com os amigos, ir jantar fora, mas quando tens 23 anos podes fazer isso... com 28 não! Tens de mudar o teu estilo de vida e eu fi-lo. Encontrei-me e também encontrei o amor pelo futebol. Sou doido por este desporto, vejo todos os jogos, conheço todos os jogadores", atirou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.