Cristiano Ronaldo efetuou um novo controlo ao COVID-19 e o resultado é negativo.

A informação foi divulgada pela Juventus no seu site oficial. Depois de 19 dias de isolamento, o jogador está assim curado e poderá regressar aos trabalhos da equipa, pode ler-se no site da 'vecchia signora'.

Caso assim o técnico Andrea Pirlo entenda, o crauqe luso poderá ser opção na partida do próxima domingo frente ao Spezia.

O primeiro teste positivo aconteceu em 13 de outubro, quando Ronaldo estava ao serviço da seleção portuguesa. O avançado ainda viajou para Turim e tem permanecido em isolamento, tendo falhado o encontro da equipa das ‘quinas’ com a Suécia (3-0), para a Liga das Nações.

Pela Juventus, Ronaldo esteve ausente nos empates (1-1) com Crotone e Verona, para a Série A, e no duelo com o Dínamo Kiev (2-0), para a Liga dos Campeões e também no embate frente ao Barcelona.

Ronaldo modificou publicação após segundo teste positivo na terça-feira

O futebolista Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa, modificou a publicação efetuada na quarta-feira na rede social Instagram, tendo retirado a frase “PCR é uma treta”, em referência ao teste de despiste à presença do novo coronavírus.

Um dia depois de ter tido novamente um resultado positivo, o avançado de Juventus criticou o teste PCR na conta oficial daquela rede social, publicação que se manteve online durante cerca de 90 minutos, tendo posteriormente sido depois retirada.

Ronaldo manteve a fotografia, em que aparecia sorridente, sentado num sofá, assim como a frase: “A sentir-me bem e com saúde. Força Juventus”.

Na terça-feira, Ronaldo voltou a ter um teste com resultado positivo, o que deixa o jogador, de 35 anos, fora do encontro de hoje da Juventus com o FC Barcelona, de Lionel Messi, da segunda jornada da Liga dos Campeões, situação já confirmada pelo clube italiano, que não convocou o português.

Ronaldo também se envolveu numa polémica com um ministro italiano que o acusou de violar os protocolos

Cristiano Ronaldo falou ao mundo: num raro direto realizado via Instagram, o craque da Seleção Nacional aproveitou para, através da sua casa, explicando como estava a viver os seus dias depois de ter tido conhecimento do resultado do primeiro teste positivo.

"Vocês merecem, vi-me na obrigação de fazer este direto para vos dizer que estou bem. Estou na varanda, saí um pouco do quarto para apanhar sol", começou por dizer.

"Não querem que o bicho jogue! O bicho está bem e não querem que o bicho jogue. Não, há que respeitar os protocolos. Há que ter o sistema imunitário forte e robusto, só assim é que ele sai", disse, antes de explicar como estava a ser o dia-a-dia em casa.

"Os meus filhos estão nas aulas, aqui em casa estão noutro piso. É difícil não ter contacto, o protocolo é assim e temos de respeitar. Eles estão bem, eu estou bem e temos feito uma vida dentro do normal. (...) O que interessa é que está tudo bem", afirmou.

O capitão da Seleção explicou de seguida em que momento algum violou os protocolos italianos anti-COVID.

"Não infringi nenhum protocolo, como andam aí a passar. Andam a dizer que infringi as leis italianas, é tudo mentira. Eu e a minha equipa falámos e tivemos a responsabilidade de fazer as coisas todas bem", disse, antes de apontar a mira ao ministro italiano da saúde.

"Foi tudo com autorizações e quero dizer, principalmente para um senhor daqui de Itália que diz que não cumpri... cumpri e sempre cumprirei", frisou.

Na quinta-feira, ministro italiano do Desporto, Vincenzo Spadafora, admitiu que português pudesse ter violado o protocolo de COVID-19, ao viajar para Portugal, para representar a seleção, e regressar a Itália, após a deteção da infeção.

"Sim, eu acho que sim, se as autorizações específicas não foram dadas pelas autoridades de saúde", referiu Spadafora, à Radio Uno, dizendo que o avançado luso poderia ter violado o protocolo também quando viajou para Portugal, numa altura em que Juventus estava em isolamento preventivo.

O avançado da Juventus testou positivo ao novo coronavírus quando estava ao serviço da seleção portuguesa, regressando a Turim num avião-ambulância privado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.