O Benfica, finalista vencido da última edição, vai viajar no sábado até ao terreno do Paredes, onde procura interromper uma série de três jogos sem vencer, incluindo duas derrotas consecutivas no campeonato.

Os 'encarnados', terceiros da I Liga, voltam a defrontar o Paredes 35 anos depois de terem garantido o apuramento para as meias-finais da Taça em 1984/85, com um triunfo por 3-0, no terreno da equipa nortenha, atual segunda classificada da Série C do Campeonato de Portugal.

 O treinador da União de Paredes diz não acreditar num Benfica em crise e promete uma equipa com "identidade" e "organização" no jogo da Taça de Portugal de futebol, numa análise que envolveu até o Sporting de Braga.

Eurico Couto quer manter a identidade da equipa do Campeonato de Portugal (CP) frente ao Benfica, independentemente de saber se vai ter tanta bola e criar tantas situações de finalização como gostaria, ou mesmo marcar golos.

"Somos determinados e uma equipa extremamente organizada, que entende os momentos de jogo e não vai desistir, mas procurar conquistar o jogo segundo a segundo. Seja contra quem for, tentamos ser mais competitivos do que o adversário, tentar vencer o jogo e não perder as nossas ideias", disse Eurico Couto, em declarações à agência Lusa.

O técnico paredense, de 34 anos, fala em "sonho" e considera um "privilégio" poder cumprir o objetivo da Taça de Portugal de jogar com um 'grande'

É expectável que Jorge Jesus faça algumas mudanças no onze 'encarnado' para o desafio diante da equipa nortenha, atual segunda classificada da Série C do Campeonato de Portugal.

Darwin Nuñez e Julian Weigl testaram positivo ao novo coronavírus e vão ser baixas para os próximos desafios do Benfica.

O caso do internacional uruguaio tinha sido já avançado por diversos meios de comunicação daquele país, que escreveram que o avançado do Benfica foi testado quando voltou a Portugal depois dos compromissos da seleção e estaria infetado.

Já o alemão esteve às ordens de Jesus durante o período em que se realizaram os compromissos das seleções nacionais, tendo testado positivo na terça-feira após o regresso de folgas.

Na antevisão, Jorge Jesus, técnico do Benfica, revelou que vai convocar vários jovens da formação encarnada para a partida de amanhã.

"Esta eliminatória da Taça de Portugal, que é um troféu pelo qual tenho muito carinho, é tanto para as grandes equipas como para as que não são tão grandes (...) a festa do futebol português, hoje infelizmente não tanto por causa da COVID-19, que impede que as pessoas possam assistir aos jogos. Nós vamos com a nossa responsabilidade, independentemente do Paredes ser uma equipa de um escalão inferior, que está a fazer um bom campeonato, tem um treinador que já está há cinco anos com a equipa, tem pretensões a subir de escalão. Sabemos que a Taça de Portugal nos traz muitas surpresas e nós estamos preparados para ela, com um respeito muito grande pelo nosso adversário. Só não digo que vai ser uma festa do futebol porque sem adeptos não há festa. É um jogo onde queremos mostrar o nosso poder e passar a eliminatória porque é uma das provas em que temos uma responsabilidade grande, e queremos estar... não sei se é no Jamor agora”.

Pode acompanhar o jogo ao minuto no SAPO Desporto

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.