O CD Fátima foi punido com a eliminação da Taça de Portugal de futebol por utilização irregular do jogador Nelson Sousa na primeira eliminatória, confirmou hoje o presidente da comissão administrativa do clube António Pereira.

Além da eliminação, o clube ribatejano, que lidera a zona sul da II divisão nacional, terá ainda de pagar uma multa de 750 euros, enquanto o jogador foi suspenso por um mês.

O Fátima foi informado no final da semana passada pela Federação Portuguesa de Futebol da já esperada decisão do Conselho de Disciplina e, de acordo com o dirigente, não vai recorrer.

O processo remonta ao jogo da primeira eliminatória da Taça de Portugal, em que o Fátima venceu o Pampilhosa por 4-3, tendo utilizado indevidamente o defesa Nelson Sousa.

O jogador tinha sido castigado com dois jogos de suspensão na penúltima jornada da época passada, quando estava ao serviço da União da Serra, na II divisão nacional, tendo cumprido apenas um, pelo que não podia ser utilizado no arranque da Taça de Portugal.

Para se acertar o calendário, o Pampilhosa deverá visitar o Amares (III Divisão), em jogo da segunda eliminatória, cujo vencedor recebe depois o Olhanense, da Liga principal, na terceira ronda.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.