Pontapé de saída do Mundial2018 e o adeus prematuro de Portugal

O Mundial2018, na Rússia, teve início a 14 de junho, mas Portugal só jogou no dia seguinte, contra a Espanha, em Sochi. A seleção portuguesa, que participa pela primeira vez num Campeonato do Mundo com o estatuto de campeão europeu.

Naquele que era considerado o ‘prato quente’ da primeira ronda do campeonato do mundo e as expetativas foram correspondidas. Os campeões europeus começaram o Mundial2018 com um empate (3-3) diante da Espanha. Os lusos estiveram a vencer desde os 4 minutos, só ficaram em desvantagem aos 58', até que Ronaldo marcou o golo do empate aos 88 minutos.

Não foi só dentro de campo que Portugal perdeu o Mundial. Nas bancadas, foi goleado em todos os jogos
Não foi só dentro de campo que Portugal perdeu o Mundial. Nas bancadas, foi goleado em todos os jogos
Ver artigo

Três semanas depois, novamente em Sochi, contra o Uruguai, Portugal voltou a não ter ‘mão’ no seu futebol, saindo derrotado (2-1) e eliminado da prova nos oitavos de final, tendo ficado muito aquém das expetativas.

<

Pior fez a Alemanha, que perdeu frente à Coreia do Sul (2-0) e foi eliminada do Mundial deixando o mundo do futebol de boca aberta de espanto. A Mannschaft, a campeã do mundo, que brilhou há quatro anos a grande altura no Brasil, caiu na primeira fase do Mundial.

Este foi o pior resultado de sempre da Alemanha em Mundiais, resultado que supera o 10º lugar de 1938. Desde 1954 que ficavam sempre no top-8.

"Queda de Lopetegui não afeta o rendimento da seleção espanhola. Os jogadores são os mesmos"
"Queda de Lopetegui não afeta o rendimento da seleção espanhola. Os jogadores são os mesmos"
Ver artigo

Mesmo antes do arranque do campeonato do mundo na Rússia, a seleção espanhola levou um 'choque', com a saída do selecionador Julen Lopetegui para o Real Madrid. O antigo treinador do FC Porto deixou de ser selecionador espanhol de futebol, a dois dias na estreia no Mundial2018, frente a Portugal.

Julen Lopetegui
Julen Lopetegui créditos: JAVIER SORIANO / AFP

Jorge Jesus deixa Alvalade e vai treinar no estrangeiro pela primeira vez

Jorge Jesus, que tinha mais um ano de contrato com o Sporting, onde venceu uma Supertaça e uma Taça da Liga nos seus três anos ao comando do clube de Alvalade, foi oficialmente anunciado como treinador da equipa de futebol do Al Hilal, da Arábia Saudita.

O currículo do técnico também foi apresentado, com os seus 10 títulos pelo Benfica, a Taça Intertoto pelo Sporting de Braga e os dois troféus nos ‘leões’.

Jorge Jesus e Bruno de Carvalho terão chegado a um entendimento para uma rescisão por mútuo acordo do ainda técnico do Sporting.

Mês de glória para o Sporting na modalidades

Depois de ter conquistado o bicampeonato de andebol no mês anterior, os Leões dominaram também no futsal e hóquei em patins.

O Sporting venceu, o FC Porto por 4-3 no Pavilhão João Rocha em partida a contar para a 25ª jornada do campeonato de hóquei em patins e sagrou-se campeão nacional. O Sporting somou o seu oitavo título, igualando o Paço d’Arcos no terceiro lugar dos clubes com mais títulos. O Benfica lidera em número de títulos, com um total de 23, mais um do que o FC Porto.

Sporting é campeão nacional de hóquei em patins
Bruno de Carvalho celebra com os jogadores a conquista de campeão português de hóquei em patins após vencerem o FC Porto, por 4-3, em jogo da 25.ª e penúltima jornada do campeonato nacional no pavilhão João Rocha @ANTÓNIO COTRIM / LUSA créditos: © 2018 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

30 anos depois, o Sporting volta a conquistar o título na modalidade. A última vez que os leões venceram o campeonato foi em 1988. O Sporting regressou à modalidade em 2012.

Já no futsal, os verdes e brancos sagraram-se tricampeões nacionais ao bater o Benfica no quinto e último jogo da final no desempate por penáltis (2-0), depois de 3-3 no final do prolongamento.

Este foi o 15.º título do Sporting na modalidade, o terceiro consecutivo, enquanto o Benfica tem sete, o último dos quais em 2014/2015.

Os jogadores de futsal do Sporting festejaram efusivamente a conquista do tricampeonato nacional com o técnico leonino que este ficou encharcado quando falava em conferência de imprensa.

Veja em imagens os melhores momentos do mês de junho

E ainda a Assembleia Geral do Sporting

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi destituído do cargo, por decisão da maioria dos sócios que votaram em Assembleia Geral extraordinária, na Altice Arena, em Lisboa.

O presidente da Mesa da Assembleia Geral, Jaime Marta Soares, anunciou no local que a destituição do Conselho Diretivo liderado por Bruno de Carvalho foi aprovada com 71,36% dos votos e recebeu 28,64% de votos contra.

Já no que toca a votantes, a diferença foi menor. 65 por cento dos 14 735 sócios que votaram, optaram pela saída de Bruno de Carvalho, contra 35 que queriam a sua permanência. A diferença entre votantes e votos tem a ver com o número de votos de cada sócio. Os adeptos do Sporting com mais anos de filiação ao clube têm direito a mais votos, ou seja, os mais velhos votaram 'Sim' para a destituição de Bruno de Carvalho.

Oliveirense sagrou-se a nova rainha do basquetebol em Portugal

A Oliveirense sagrou-se campeã nacional de basquetebol pela primeira vez na sua história, ao vencer fora o FC Porto 93-69, no terceiro encontro da final da Liga portuguesa de basquetebol, que ganhou por 3-0.

Oliveirense volta a vencer FC Porto e fica a um triunfo do título de basquetebol
créditos: SAPO Desporto

Depois de perder as finais de 1996/97, face aos ‘dragões’, e de 2000/01, 2001/02 e 2002/03, frente à Portugal Telecom, a formação de Oliveira de Azeméis repetiu hoje no Dragão Caixa os triunfos alcançados em casa, por 83-70 e 94-83.

O conjunto de Oliveira de Azeméis tornou-se o 19.º a sagrar-se campeão nacional.

Nadal continua a ser o rei de Roland Garros

O espanhol Rafael Nadal venceu pela 11.ª vez o torneio de Roland Garros, segundo ‘Grand Slam’ do ano, ao derrotar na final o austríaco Dominic Thiem, pelos parciais de 6-4, 6-3 e 6-2.

O tenista espanhol, que nunca perdeu uma final em Roland Garros, conquistou quatro títulos entre 2005 e 2008, cinco entre os anos de 2010 e 2014, e hoje revalidou o cetro conquistado em 2017.

O adeus de Buffon emocionou o mundo

Buffon deixa oficialmente de ser jogador da Juventus no final do mês de junho, tendo terminando o contrato que o ligava ao emblema de Turim. O experiente guarda-redes aproveitou a ocasião para deixar uma mensagem de despedida ao clube que o acolheu durante 17 anos.

"17 anos de 'bianconero' que terminam oficialmente hoje. 17 anos de amigos, companheiros, lágrimas, vitórias, derrotas, troféus, palavras, raiva, deceções, felicidade e muitas, muitas emoções. Nunca vou esquecer de nada. Levarei sempre tudo comigo", escreveu Buffon, na sua conta do Twitter.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.