A seleção de Cabo Verde de sub-16 alcançou esta terça-feira a sua primeira vitória nos X Jogos da CPLP em andebol masculino, ao vencer São Tomé e Príncipe por 37-29, em jogo inaugural da terceira jornada realizado no pavilhão dos Espargos.

Depois de duas derrotas nas primeiras partidas, Cabo Verde entrou determinado a alcançar o seu primeiro triunfo, ante a formação santomense que, curiosamente, vinha também de dois desaires.

Ao intervalo, os anfitriões já levavam uma vantagem, considerada confortável de 19-12.

No final da partida, o selecionador cabo-verdiano Adelino Duarte, enalteceu a forma como os seus pupilos "cumpriram a missão" num jogo onde as baterias estavam apontadas para a vitória.

À Inforpress, Duarte disse tratar-se de uma vitória galvanizadora para os jovens jogadores, ciente que dirige uma formação “sem experiência competitiva” e que está em construção para o futuro.

Quanto aos próximos jogos, disse que Cabo Verde vai entrar quinta-feira para defrontar Portugal, convicto que "é impossível" a equipa crioula ganhar o jogo, dado a forte avalanche ofensiva e maturidade competitiva dos jogadores lusos.

Já o treinador de São Tomé e Príncipe, Lima Neto, considera que os seus jogadores tiveram um rendimento muito aceitável, que chegaram a ameaçar Cabo Verde, mas que os intentos ficaram pelo caminho.

Reconhece que agora torna-se difícil para a formação santomense ganhar qualquer partida, e muito menos atingir o pódio, por entender que tanto Portugal como Brasil são os potenciais candidatos ao título.

O técnico santomense recomenda que se evite colocar equipa de árbitros cabo-verdiana nos jogos da formação anfitriã "para evitar qualquer suspeição".

Cabo Verde volta a jogar na próxima quinta-feira, desta feita diante de Portugal, ao passo que São Tomé e Príncipe defrontará o Brasil.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.