Frederico Morais já não vai participar nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. O surfista português testou positivo à Covid-19. 'Kikas' deveria viajar esta sexta-feira para o Japão, onde seria um dos três representantes portugueses na estreia olímpica do Surf, mas não vai, assim, poder cumprir esse sonho.

A informação foi dada, em comunicado, pelo Comité Olímpico Português na manhã desta sexta-feira, dia da cerimónia de abertura dos Jogos.

Frederico Morais iria bater-se com Kanoa Igarashi, Jeremy Flores e Miguel Tudela na primeira ronda do surf em Tóquio'2020.

Em declarações reproduzidas no referido comunicado do COP, Frederico Morais já reagiu.

"As últimas 24 horas têm sido muito complicadas. Gerir a possibilidade de não poder comparecer nos Jogos Olímpicos foi talvez mais difícil do que ter a certeza. É com muita pena que anuncio que estou infetado com Covid-19 e por isso não poderei representar Portugal. Tive todos os cuidados,estou completamente vacinado há mais de um mês,no entanto,acabei por contrair o vírus. Estou bem, sinto-me bem e vou cumprir o meu isolamento. Estarei a acompanhar todos os segundos da nossa seleção e tenho muito orgulho em fazer parte deste grupo que certamente representará Portugal da melhor forma", afirmou o surfista de 29 anos.

A participação de Portugal no Surf, uma das cinco modalidades em estreia em Jogos Olímpicos em Tóquio e que tem arranque marcado para domingo, na praia de Tsurigasaki, a cerca de 100 quilómetros da capital nipónica, fica assim reduzida a Yolanda Hopkins e Teresa Bonvalot, na vertente feminina, não contando assim as cores lusas com nenhum representante na prova masculina.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.