A representação russa, composta por Vladislava Urazova, Viktoriia Listunova, Angelina Melnikova e Liliia Akhaimova, totalizou 169,528 pontos, superando a dos Estados Unidos, segunda classificada, com 166,096, e da Grã-Bretanha, que conquistou a medalha de bronze, com 164,096.

A Rússia tinha vencido a prova pela última vez em 1992, em Barcelona, como Comunidade de Estados Independentes (CEI), e termina com o longo ‘reinado’ das norte-americanas, campeãs em Atenas2004, Pequim2008, Londres2012 e Rio2016, mas que hoje realizaram as três últimas rotações sem Biles, tetracampeã olímpica no Rio de Janeiro, por “razões médicas”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.