A Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) aceitou hoje a ausência do marchador João Vieira do campeonato da Europa da especialidade por equipas, em 16 de maio, na República Checa, priorizando a preparação para Tóquio2020.

“Uma vez que o atleta entendeu que não tem condições para competir e, como a FPA vê como maior importância a sua participação nos Jogos Olímpicos, não vai colocar obstáculos à sua ausência, respeitando a decisão do atleta, tendo em vista a preparação para Tóquio2020”, disse hoje à Lusa fonte oficial da FPA.

O marchador João Vieira (Sporting) anunciou que vai falhar a competição continental, em 16 de maio, na República Checa, devido à ausência da sua treinadora, Vera Santos.

“Felizmente, não é por lesão e não é por doença, é uma opção minha, por não estarem reunidas as condições mínimas para a minha participação, com a ausência da minha treinadora no apoio técnico e logístico na distância de 50 quilómetros, para a qual treinei muito bem, não foi uma decisão fácil de tomar”, escreveu o vice-campeão do mundo na distância em 2019.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da FPA confirmou as limitações colocadas às delegações, devido à pandemia de covid-19, tendo a comitiva nacional sido reduzida aos atletas e a três oficiais, dois treinadores e um fisioterapeuta.

“A FPA lamenta a restrição imposta pela associação europeia, tendo indicado o treinador nacional Carlos Carmino, como ‘team leader’, e o treinador Paulo Murta, que orienta três dos 10 atletas selecionados e é sensível à colaboração com os restantes”, detalhou a mesma fonte.

João Vieira, de 45 anos, é o atleta português mais titulado de sempre, com 59 títulos de campeão nacional, 20 em estrada, 19 em pista e 20 em pista coberta, recordista nacional dos 10, 20 e 50 quilómetros, tendo como melhores resultados em Jogos Olímpicos o 10.º e o 11.º lugares nos 20 quilómetros, em Atenas2004 e Londres2012, respetivamente.

O atleta de Rio Maior, tem a sua sexta presença em Jogos Olímpicos assegurada desde 19 de maio de 2019, quando foi terceiro na Taça da Europa de Alytus, na Lituânia, graças à marca de 03:46.28 horas, antes de se ter sagrado vice-campeão do mundo na distância, em 2019, em Doha.

Além de João Vieira, integram a convocatória lusa Rui Coelho (CA Seia) e Hélder Santos (Leiria MA), para os 50 quilómetros, Ana Cabecinha (CO Pechão) e Maria Bernardo (CO Pechão), para os 20, e Inês Henriques (CN Rio Maior), para os 35.

Foram ainda chamados para a prova checa, os sub-20 Pedro Dias (CO Pechão), Adriana Viveiros (ADR Água de Pena), Inês Mendes (CN Rio Maior) e Bruna Marques (Juventude Vidigalense), para as provas de 10 quilómetros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto