Na prova de fundo, o maior destaque vai para Rui Costa (UAE Emirates), que em 2013 sagrou-se campeão do mundo, mas também estão pré-selecionados o atual campeão nacional de fundo Rúben Guerreiro (Trek-Segafredo), Nelson Oliveira (Movistar), campeão de ‘crono’ português em quatro ocasiões e uma em fundo, e José Mendes (Bora-Hansgrohe), vencedor do pelotão nacional em 2016.

José Poeira chamou ainda José Gonçalves e Tiago Machado, da equipa de World Tour Katusha-Alpecin, além de Daniel Mestre (Efapel) e Amaro Antunes (W52-FC Porto), do pelotão nacional.

Na prova de fundo, a lista será reduzida para seis corredores, dos quais dois poderão correr o ‘crono’, enquanto nos sub-23 serão quatro os corredores na final, com um ciclista na prova de contrarrelógio.

No segundo escalão, o destaque vai para o campeão nacional Francisco Campos (Miranda/Mortágua), bem como Ivo Oliveira (Axeon Hagens Berman) e André Carvalho (Cipollini Iseo Serrature Rime), do pelotão internacional, além de Hugo Nunes (Miranda/Mortágua), José Neves (Liberty Seguros/Carglass), e Tiago Antunes (Sicasal/Constantinos/Delta Cafés).

No escalão de juniores, os pré-convocados são Afonso Silva (Sporting/Tavira), Guilherme Mota e Pedro José Lopes (Alcobaça CC/Crédito Agrícola), Pedro Miguel Lopes (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact), além de Pedro Teixeira (Maia).

Nas provas femininas, Portugal estará representado, na prova de juniores, por Maria Martins (Bairrada), única pré-convocada do selecionador Gabriel Mendes.

Em Bergen, o primeiro português a entrar em prova será o representante luso no ‘crono’ sub-23, no dia 18 de setembro, pelas 12:05 (hora portuguesa), dois dias antes dos dois ciclistas de elite no contrarrelógio sénior, de 31 quilómetros, à mesma hora.

A 22 de setembro, Maria Martins entra em ação na prova de fundo de juniores, pelas 09:05, três horas antes dos sub-23, com a tirada de estrada dos juniores marcada para 23 de setembro.

No último dia, correm-se os 276,5 quilómetros da prova de fundo de elite masculina, onde o eslovaco Peter Sagan procura uma terceira vitória consecutiva, depois de se ter sagrado campeão mundial em 2015 e 2016.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.