O português Miguel Oliveira (KTM) espera terminar nos lugares pontuáveis o Grande Prémio da Austrália, próxima prova do Mundial de MotoGP, que se disputa no domingo.

O piloto português chega a esta 17.ª jornada do campeonato na 16.ª posição, com 33 pontos, mas espera somar mais alguns numa pista "de boas memórias".

"Gosto do circuito de Phillip Island. Sempre fui bastante rápido e já lá ganhei nas outras duas categorias [Moto2 e Moto3], pelo que é uma pista de boas memórias para mim", disse Oliveira, citado hoje pela assessoria de imprensa da equipa Tech3.

O piloto de Almada venceu na Austrália em 2015 (Moto3) e em 2017 (Moto2), tendo sido segundo classificado em 2012 (Moto3). Contudo, no ano passado foi apenas 11.º classificado.

"Vamos ver como corre este ano. Pelo menos, deve ser melhor para o meu ombro [direito, lesionado desde 25 de agosto], pois não há muitas zonas de travagem. Espero terminar, pelo menos, nos lugares pontuáveis", sublinhou o piloto português, apontando para uma das primeiras 15 posições.

As últimas três provas da temporada são, precisamente, aquelas em que o jovem da KTM tem os melhores resultados em cada temporada. Em 2015 e em 2017 somou mesmo três vitórias nestas três últimas corridas desses anos.

Em 2019, época de estreia na classe rainha para o piloto luso, Miguel Oliveira conta com o oitavo lugar na Áustria como melhor resultado até ao momento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.