O português Filipe Albuquerque (United Autosports) terminou hoje as 24 Horas de Le Mans em automobilismo no primeiro lugar na categoria LMP2, a segunda categoria mais importante da prova.

O português, que faz equipa com os britânicos Phil Hanson e Paul di Resta, bateu a equipa Jota, do outro português em prova, António Félix da Costa.

O resultado permitiu ainda a Filipe Albuquerque sagrar-se campeão mundial de resistência.

A edição de 2020 das 24 horas de Lemans foi ganha pelo Toyota oficial de Sébastien Buémi, Brendon Hartley e Kazuki Nakajima. O Rebellion do norte-americano Gustavo Menezes, do francês Norman Nato e do brasileiro Bruno Senna ficou no segundo lugar, com o outro carro da Toyota a terminar no terceiro posto.

Esta que foi a 88ª edição das 24 horas de Le Mans estava inicialmente agendada para junho, mas apenas agora foi corrida, adiada em virtude da pandemia de COVID-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.