Os tenistas portugueses Frederico Silva e Gonçalo Oliveira, ambos com estatuto de cabeça de série, foram hoje eliminados na segunda ronda do 'challenger' de Manerbio, em Itália.

Depois de ter ficado isento da primeira ronda, por ser o 10.º cabeça de série, Gonçalo Oliveira, 264.º do 'ranking' mundial, perdeu com o italiano Andrea Pellegrino, 328.º, por 6-1 e 6-4, em uma hora e nove minutos.

Com o estatuto de 12.º pré-designado, Frederico Silva, 277.º do mundo, também não jogou a primeira eliminatória, mas acabou eliminado pelo argentino Francisco Cerundolo, 299.º da hierarquia, por 6-4, 3-6 e 6-1, em duas horas e 16 minutos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.