Rafael Nadal e Roger Federer juntaram-se hoje a ATP, WTA, Federação Internacional de Ténis e torneios do ‘Grand Slam’ no pedido de união no ténis, quando Novak Djokovic, Vasek Pospisil e John Isner pretendem criar uma associação independente.

Depois das notícias vindas a público das alegadas movimentações do sérvio e número mundial, do canadiano e do norte-americano, todos membros do Conselho de Jogadores do ATP, na recolha de assinaturas para a criação de uma associação de jogadores paralela ao ATP Tour, as várias entidades que tutelam a modalidade a nível mundial emitiram hoje um comunicado a defender a união, numa altura em que a pandemia provocada pela covid-19 está a representar um desafio sem precedentes.

“Para enfrentar esta crise extraordinária, o nosso desporto e todos os envolvidos – jogadores, treinadores, administradores, árbitros, parceiros, estações de televisão – têm estado unidos. Temos trabalhado incansavelmente para um regresso seguro à competição, providenciando flexibilidade e justiça na adaptação das regras e apoio financeiro àqueles que mais precisam”, defendem os organismos em comunicado conjunto.

Além do alerta no sentido de ser “altura de haver ainda uma maior colaboração e não divisão”, o ATP Tour, o WTA Tour, a ITF e os torneios do ‘Grand Slam’ contaram com o apoio de Rafael Nadal, vice-presidente do Conselho de Jogadores, que se manifesta contra a intenção de Djokovic, Isner e Pospisil, entretanto demissionário da sua função no órgão representativo dos jogadores, de fundar a Associação de Jogadores de Ténis Profissionais (PTPA).

“Estes são momentos em que grandes coisas podem ser alcançadas, desde que o mundo do ténis esteja unido. Todos nós, jogadores, torneios e órgãos dirigentes, temos de trabalhar juntos. Temos um problema maior e a separação e desunião definitivamente não são a solução”, defende o esquerdino e ex-número um mundial.

“Concordo com o Nadal. Estes são tempos de incerteza e desafiantes, mas acredito que é vital para nós ficarmos unidos enquanto jogadores e para o nosso desporto construir o seu caminho para o futuro”, escreveu pouco depois o suíço e vice-presidente do Conselho de Jogadores, Roger Federer, no Twitter.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.