O Benfica derrotou esta sexta-feira a Fonte do Bastardo, por 3-0, nos Açores, no segundo jogo da final do ‘play-off’ do Campeonato Nacional de voleibol, ficando a uma vitória de ser consagrado campeão nacional.

Os encarnados, que já tinham vencido o primeiro jogo do ‘play-off’, em Lisboa, com o mesmo resultado, repetiram  o triunfo, em casa do adversário, com os parciais 19-25, 17-25 e 20-25.

O Benfica fica, assim, a uma vitória de revalidar o título conquistado na época 2018/2019, uma vez que na época passada o campeonato foi cancelado devido à pandemia de covid-19.

A final, que se disputa à melhor de cinco jogos, tem continuidade, este domingo, com o terceiro jogo marcado novamente para o Complexo Desportivo Vitorino Nemésio, na Praia da Vitória, nos Açores.

A Fonte do Bastardo entrou melhor no primeiro ‘set’ chegando a ter quatro pontos de diferença (6-2), mas não demorou muito até que a equipa da Luz recuperasse e passasse para a frente do marcador (8-9).

A partir daí, o Benfica foi aumentando a vantagem, chegando a ter cinco pontos de avanço (17-22) e acabou por vencer, sem grandes dificuldades, por 19-25.

No segundo parcial, os encarnados estiveram sempre na frente do marcador, ainda que, no início, com margens de dois a três pontos.

À semelhança do que já tinha ocorrido no primeiro tempo, os açorianos apresentaram várias falhas no serviço, oferecendo pontos ao adversário, que foi consolidando a vantagem (12-17), até vencer por 17-25.

O terceiro ‘set’ foi o mais disputado, com a Fonte do Bastardo a tentar arrastar o jogo para um quarto parcial.

A equipa da casa entrou melhor em campo, mas deixou fugir a liderança aos 4-5, mantendo-se a uma curta distância ou com os mesmos pontos do adversário.

Com um ataque forte de Theo Lopes e André Aleixo, o Benfica foi-se libertando e a partir dos 16-19 foi reforçando a liderança, até vencer por 20-25.

Se vencer o próximo jogo, o Benfica conquista o seu nono título de campeão nacional de voleibol, mas a Fonte do Bastardo ainda pode inverter o cenário e lutar pelo seu terceiro troféu.

Ficha de jogo

Jogo realizado no Complexo Desportivo Vitorino Nemésio, na Praia da Vitória.

Fonte do Bastardo - Benfica, 0-3.

Parciais: 19-25 (23 minutos), 17-25 (26) e 20-25 (30).

Sob arbitragem de Luís Meireles e Vítor Gonçalves, as equipas alinharam:

Fonte do Bastardo: Armando Velásquez, Helder Spencer, Dennis Villalobos (líbero), Antony Gonçalves, Caíque Silva, Bruno Jesus e Gabriel Santos. Jogaram ainda: Federico Gómez, José Neves, Bruno Cunha, Matheus Pereira e Rui Moreira.

Treinador: João Coelho.

Benfica: André Lopes, Peter Wholfahrtstatter, Ivo Casas (líbero), Marc Honoré, Theo Lopes, Tiago Violas e André Aleixo. Jogou ainda Raphael Oliveira.

Treinador: Marcel Matz.

Assistência: 120 pessoas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.