Inglaterra: Três golos 'made in Portugal' e um regresso

Bruno Fernandes estreou-se a marcar com a camisola dos ‘Red Devils’ envergada. O português foi o homem do jogo do Manchester United frente ao Watford (3-0), marcando o primeiro golo com um penalti batido com toda a calma já perto do final da primeira parte e assistindo Martial e Greenwood para o 2-0 e 3-0 respetivamente.

Bruno Fernandes eleito homem do jogo
Bruno Fernandes eleito homem do jogo
Ver artigo

Diogo Jota, tomou-lhe o gosto e agora não quer outra coisa. Depois de um sensacional ‘hat-trick’ na passada quinta-feira, a contar para a Liga Europa, voltou a marcar, mas desta vez ‘só’ bisou na vitória por 3-0 do Wolverhampton em casa frente ao ‘lanterna-vermelha’ Norwich.

Ruí Patrício, Rúben Neves e João Moutinho foram titulares juntamente com Jota, com Pedro Neto e Rúben Vinagre a entrarem no decorrer da 2.ª parte.

Apesar da derrota do Everton por 3-2, em casa do Arsenal, nem tudo foram más noticias para os toffees: André Gomes que sofreu aquela lesão horripilante no passado mês de novembro, frente ao Tottenham, fez uma incrível recuperação e regressou aos relvados, quatro meses depois, entrando no decorrer da segunda parte. Contudo, não conseguiu evitar a derrota da equipa comandada por Ancelotti.

O Tottenham de José Mourinho não vive uma boa fase. Depois de perder em casa frente ao Leipzig para a primeira mão dos ‘oitavos’ da Champions, os Spurs voltaram a perder, desta vez na visita de ‘Mou’ a uma casa que bem conhece. Em Stamford Bridge, o Chelsea de Lampard venceu o Tottenham por 2-1 e fica mais longe da equipa de Mourinho, na luta pelos lugares milionários da ‘Champions’.

França: Derrotas dos 'misters' portugueses e golo de Sanches

Quatro meses depois, André Villas-Boas voltou a provar o sabor da derrota ao perder em casa frente ao Nantes por 3-1, no passado sábado. A derrota do Marselha de AVB, permitiu ao PSG alargar a vantagem na Ligue 1 à custa de outro português.

O Bordéus de Paulo Sousa perdeu na visita ao Parque dos Príncipes, num jogo recheado de golos. A equipa comandada pelo português até foi a primeira a marcar, mas o PSG foi mais forte acabando por vencer por 4-3.

Renato Sanches marcou na vitória do Lille frente ao Toulouse. O ex-Benfica marcou o terceiro tento da partida aos 72 minutos, já depois de Loic Rémy ter marcado aos 2’ e 39’.

Com Anthony Lopes na baliza, o Lyon regressou ás vitórias em vésperas do guardião português encontrar Cristiano Ronaldo na Champions. Depois de quatro jogos sem vencer, o Lyon venceu o Metz por 2-0.

O Mónaco ‘marcou passo’ na visita ao terreno do Dijon ao empatar 1-1. O Dijon chegou ao golo depois de um mau alívio de Adrien Silva aos 56 minutos, com os monegascos a alcançarem o empate aos 79’ por Maripán.

Mathias Lage entrou aos 76 minutos na vitória do Angers frente ao Montpellier, que colocou fim a uma série de cinco jogos a perder e que permitiu ao conjunto do português fugir dos últimos lugares da Ligue 1.

Espanha: Regresso com estilo de João Félix

William Carvalho foi titular no empate do Bétis frente ao Mallorca a duas bolas, naquele que foi o quinto jogo consecutivo do emblema de Sevilha sem vencer, ocupando o 12.º lugar da La Liga.

Também Nelson Semedo marcou lugar no onze inicial do Barcelona frente ao Eibar, em jogo que ficou marcado pelo ‘Poker’ de Messi que marcou quatro dos cinco golos do ‘Barça’ e que permitiu aos catalães fugir na liderança da Liga Espanhola aproveitando a derrota do Real Madrid frente ao Levante (1-0).

Depois de um mês lesionado, João Félix regressou em grande estilo ao marcar o terceiro golo do Atlético de Madrid na vitória frente ao Villareal por 3-1, no passado domingo. O jovem português entrou aos 58’ para o lugar de Vitolo e marcou aos 74 minutos.

Itália: CR7 não para, em jornada marcada por cancelamentos

Cristiano Ronaldo não deixa os pés descansar e no seu jogo 1000, voltou a fazer o gosto ao pé na vitória da Juventus sobre a SPAL por 2-1, marcando o primeiro da partida aos 39 minutos. CR7 tornou-se no jogador que mais vezes consecutivas marcou na Liga Italiana: são 11 jornadas consecutivas a marcar pela Juventus.

Este resultado permitiu à ‘Juve’ fugir ao Inter de Milão que não jogou esta jornada devido à epidemia do Covid-19 que chegou a Itália e levou ao cancelamento de diversas partidas.

Paulo Fonseca voltou ás vitórias e com goleada. A Roma bateu em casa o Lecce por 4-0, depois de três derrotas consecutivas para a Serie A e aproximou-se da Atalanta, que ocupa o 4.º lugar, mas com um jogo a menos devido ao Coronavirus.

Alemanha: Guerreiro titular, Frankfurt só joga esta segunda

Na Bundesliga, Raphael Guerreiro foi titular na vitória do Borussia Dortmund frente ao Werder Bremen por 2-0, que permitiu à equipa subir ao 3.º lugar da Liga Alemã, beneficiando do empate do Monchenglabach frente ao Hoffenheim. O Eintracht de André Silva e Gonçalo Paciência defronta esta segunda-feira o Union Berlin, no jogo que fecha a 23.ª jornada.

Olympiacos aumenta liderança, Luís Castro vence antes da visita à Luz

O Olympiacos, treinado por Pedro Martins, venceu o PAOK, de Abel Ferreira por 1-0 e fugiu na liderança da Liga Grega.  José Sá e Rúben Semedo foram titulares na vitória alcançada graças a um autogolo do defesa do PAOK, Giannoulis, aos 49' minutos que permitiu ao Olypiacos aumentar a distância na liderança para o PAOK de dois para cinco pontos.

Antes da visita ao Estádio da Luz, o Shakhtar Donetsk, de Luís Castro, sofreu para vencer o Desna no passado domingo, tendo alcançado a vitória já nos descontos quando Marlos marcou aos 90+4' dando os três pontos para o conjunto liderado pelo técnico português.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.