Acabou o reinado de Ole Gunnar Solksjaer no Manchester United. O técnico norueguês não aguentou a mais uma humilhante derrota e acabou por ser despedido pelo Manchester United, após a goleada (4-1) sofrida no terreno do modesto Watford. Bruno Fernandes tentou, Cristiano Ronaldo ainda assistiu Van Der Beek para o 1-2 mas teve uma noite igual a toda a equipa. Dalot entrou para 'ficar' mal no terceiro golo. O United caiu para o 8.º posto, com apenas 17 pontos em 12 jogos.

Do outro lado da cidade brilhou João Cancelo, com um passe fantástico para Raheem Sterling abrir o ativo na vitória do City por diante do Everton. A trivela do lateral luso está a correr mundo, num jogo onde Bernardo Silva também marcou, ele que já é o melhor marcador da equipa na Premier League, com quatro golos. Ruben Dias não saiu do banco. O City é segundo com 26 pontos, menos três que o líder Chelsea e mais um que o Liverpool.

Em Liverpool seria Diogo Jota a colocar o nome de Portugal na ficha de jogo, ao marcar na goleada dos 'reds' por 4-0 diante do Arsenal. O golo do ex-Wolves é uma 'oferta' do português Nuno Tavares, num passe disparatado para Diogo Jota que não se fez rogado. O Leicester, sem Ricardo Pereira, perdeu com o Chelsea; a armada portuguesa do Wolverhampton, de Bruno Lage, venceu o West Ham por 1-0 (Raul Jimenez) e saltou para o 6.º posto, à frente de Manchester United do Manchester United. O Wolves entrou em campo com José Sá, Nelson Semedo, Rúben Neves, João Moutinho e Podence.

Lopetegui, Luis Enrique, Zidane e...Rúben Amorim entre os (vários) nomes apontados para orientar o Manchester United
Lopetegui, Luis Enrique, Zidane e...Rúben Amorim entre os (vários) nomes apontados para orientar o Manchester United
Ver artigo

Na Série A, José Mourinho voltou aos triunfos, graças a um miúdo de 18 anos e agora tem de pagar uma promessa: umas sapatilhas de 800 euros. Os romanos saltaram para o quinto posto da Liga Italiana, com os 2-0 em casa do Génova. O Nápoles, com Mário Rui no onze, perdeu a invencibilidade da Série A e falhou a liderança isolada da prova ao ser batido Inter Milão por 3-2. Também o AC Milan perdeu pela primeira vez na prova, ao ser derrotado por 3-2 em casa da Fiorentina. O adversário do FC Porto na Champions teve o português Rafael Leão a titular.

Aqui ao lado, em Espanha, Gonçalo Guedes foi titular mas o seu Valência não foi além de um empate a zero bolas no terreno da sensacional Real Sociedad. O Bétis, com William Carvalho a entrar aos 80 minutos, venceu fora o Elche e manteve o 5.º posto, com 24 pontos, menos dois que o Atlético Madrid, a primeira equipa em zona de Champions.

Sem o lesionado João Félix, o Atlético Madrid bateu o Osasuna por 1-0, golo do ex-FC Porto Filipe aos 87 minutos, e mantém-se a quatro pontos do líder, Real Madrid.

Em França, Gelson Martins entrou ao intervalo no empate a duas bolas entre o Mónaco e o Lille. No lado dos 'Dogs', Tiago Djaló, Xeka e José Fonte foram titulares, Renato Sanches não entrou nas contas para este encontro.

O PSG, com Nuno Mendes a não sair do banco e Danilo a entrar aos 89, bateu o Nantes por 3-1, com Messi a fazer o seu primeiro golo na Liga Francesa. Os parisienses jogaram com menos um desde os 65 minutos mas mesmo assim ainda marcaram dois golos. O Lyon-Marselha foi suspenso porque um adepto do Lyon atirou uma garrafa contra a cabeça de Dimitri Payet, num canto. Mais um caso a manchar o futebol francês.

Na Alemanha voltou o equilíbrio na parte de cima da tabela, com a derrota do Bayern Munique no terreno do Augsburgo. Aproveitou o Borussia Dortmund que bateu o Estugarda por 2-1 e encurtou para um os pontos de desvantagem para os bávaros na liderança. Raphael Guerreiro foi titular nos Amarelos, próximo adversário do Sporting na Liga dos Campeões.

Com o avançado português André Silva de início, o Leipzig perdeu no reduto do Hoffenheim (2-0), um resultado que deixa a equipa da casa na 7.ª posição, com 18 pontos. Sem Gonçalo Paciência, o Eintracht Frankfurt venceu o Friburgo (2-0) e subiu ao 11.º posto.

Na Rússia, o Spartak Moscovo, de Rui Vitória, continua em 'queda livre'. O emblema da capital caiu para o 10.º lugar na Liga russa, ao perder por 2-1 na visita ao Krasnodar, em jogo da 15.ª jornada. Foi o sétimo encontro seguido sem vencer em todas as provas e o quinto na Liga russa para o Spartak Moscovo.

Na Grécia nada parece ter capacidade para parar o Olympiacos, de Pedro Martins. A equipa do português venceu em casa do AEK Atenas por 3-2, na 10.ª jornada da Liga grega de futebol, e ampliou para seis pontos a vantagem na liderança. André Simões foi titular na equipa da capital, saindo aos 87 minutos, enquanto Rony Lopes entrou aos 84 no Olympiacos.

Abel Ferreira está a pensar na final da Taça Libertadores e isso está a afetar os jogadores do Palmeiras. No fim de semana, derrota diante do Fortaleza, a terceira seguida no Brasileirão. O Verdão segue no terceiro lugar no Brasileirão, com 58 pontos, numa tabela liderada pelo Atlético de Minas Gerais com 74 (33 jogos), seguido do Flamengo, segundo, com 63 (32), e do Fortaleza, com 52.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.