Campbell, que completa 35 anos no mês de Setembro e soma 73 internacionalizações pela Inglaterra, tendo participado em três fases finais de campeonatos do Mundo, ficou livre no final da época passada, quando expirou o seu contrato com o Portsmouth.

Apesar de ser um veterano em fim de carreira, o jogador suscitou inúmeros convites de vários emblemas ingleses, mas preferiu reencontrar-se com Eriksson, o novo director desportivo do clube, com quem trabalhou enquanto aquele desempenhou o cargo de seleccionador de Inglaterra.

"É simples, trata-se de uma escolha para o futuro. O clube tem grandes ambições e eu quero fazer parte delas", assim explicou Sol Campbell a sua opção pelo Notts Counnty, considerando-se "estimulado pelo desafio" que representa esta nova etapa na sua carreira, cuja meta passa por subir a equipa à principal liga inglesa.

O clube de Nottingham, o mais antigo do Mundo, milita na IV Divisão e foi adquirido por um consórcio de homens de negócios do Médio Oriente, que pretende colocá-lo na Liga inglesa dentro dos próximos oito anos.

"Sol Campbell será o nosso embaixador e vai ajudar-nos a fazer crescer o clube até ao patamar mais elevado", referiu o director executivo do clube, Peter Trembling.

O antigo internacional inglês soma no seu currículo 481 jogos na "Premier League" ao serviço do Tottenham (1992 a 2001), Arsenal (2001 a 2006) e Portsmouth (2006 a 2009), onde alcançou dois títulos de campeão inglês, quatro taças de Inglaterra e uma Taça da Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.