O Sporting de Braga fica a um ponto de garantir o terceiro lugar na Liga de futebol e a presença na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões da próxima época caso a União de Leiria desista da competição.

Os minhotos, que detêm três pontos de vantagem sobre o Sporting, passariam a ficar com seis a mais do que os lisboetas, com duas jornadas por disputar, pois todos os resultados dos jogos da União de Leiria não seriam considerados para efeito de classificação, como determina a pena de desclassificação imposta pelo regulamento disciplinar da prova.

O Sporting ganhou os dois encontros com o “lanterna vermelha” (3-1 e 1-0), pelo que se veria privado de seis pontos, passando a somar 50, enquanto o Braga, que ganhou em casa por 2-1, mas perdeu em Leiria por 1-0, ficaria apenas com menos três pontos, totalizando 56 e aumentando para seis a vantagem sobre os “leões”.

O Braga precisaria apenas de um empate na receção ao Beira-Mar para assegurar o precioso terceiro lugar, independentemente do resultado do Sporting no estádio do campeão FC Porto – que não vê esse estatuto posto em causa -, esvaziando o interesse competitivo do confronto com os lisboetas, na última jornada.

Caso se concretize a ameaça do presidente demissionário da União de Leiria, João Bartolomeu, que anuncia hoje se o clube vai desistir da participação no campeonato, os “arsenalistas” serão um dos maiores beneficiados, pois também reduziriam o atraso para o segundo lugar, “colando-se” ao Benfica.

Naquele cenário, os “encarnados” conservariam a vantagem de quatro pontos sobre os minhotos, mas não poderiam somar nenhum na próxima jornada, a penúltima, na qual deveriam receber os leirienses, o que permitiria ao Braga reduzir o atraso para apenas um ponto, em caso de vitória na receção ao Beira-Mar.

Na cauda da tabela, a alteração mais significativa passaria pela queda do Feirense à penúltima posição, abaixo da linha de despromoção, por troca com a Académica, enquanto o Paços de Ferreira deixaria de ter a manutenção assegurada como acontece em função da atual classificação.

A equipa de Santa Maria da Feira seria fortemente penalizada pela perda de seis pontos referentes aos triunfos sobre a União de Leiria (2-1 e 4-0), passando dos atuais 24 para 18, ao passo que os “estudantes”, que conquistaram “apenas” quatro pontos à última colocada (2-1 e 0-0), veriam o seu pecúlio baixar de 23 para 19.

O Paços de Ferreira, que se impôs à equipa do Lis por 2-1 e 4-2, perderia seis pontos e voltaria a conviver com a ameaça da despromoção, apesar de os cinco pontos de vantagem sobre o penúltimo posto – que passaria a ser ocupado pelo Feirense - lhe permitir considerável margem de manobra.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.