O FC Porto venceu, este sábado, o Boavista por 4-1 em jogo da 10.ª jornada do campeonato português, disputado no Estádio do Dragão. Depois de ter sido eliminado da Taça da Liga, ao perder contra o Santa Clara, os dragões alcançaram uma vitória sólida perante os vizinhos do Bessa no dérbi da cidade do Porto. Evanilson (2), Luis Díaz e Loader marcaram os golos portistas, com Hamache a fazer o golo dos axadrezados. Taremi também marcou mas o lance foi anulado após ser alvo de análise do VAR.

Quanto ao onze inicial do FC Porto, Sérgio Conceição penalizou Mbemba, Bruno Costa, Corona e Toni Martinez pela má exibição do quarteto nos Açores e nem no banco de suplentes ficaram.

Antes do apito inicial, os jogadores das duas equipas alinharam-se e abraçaram-se durante um minuto para prestar homenagem ao atleta que representou os dois símbolos. O antigo jogador Bernardo Tengarrinha morreu hoje aos 32 anos vítima de um linfoma de Hodgkin. O antigo médio e defesa tinha interrompido a carreira em 2017, aos 28 anos, após lhe ter sido diagnosticado o problema oncológico, uma doença que tem sintomas parecidos aos da leucemia.

O FC Porto começou a partida a mandar e a insistência deu os seus frutos aos 21 minutos. Depois do cruzamento de João Mário, Luis Díaz antecipou-se a Javi García e de cabeça bateu Alireza, inaugurando o marcador no Dragão, que hoje teve uma lotação a rondar os 30 mil espetadores.

Um minuto depois esteve à vista o 2-0. Evanilson tentou o remate após passe de Luis Díaz, mas atirou à figura de Alireza. Mehdi Taremi ainda apareceu para a recarga, mas acertou mal. O lance foi alvo de VAR para avaliar a acção de Abascal sobre o brasileiro, mas Tiago Martins mandou seguir.

Não marcou o FC Porto, marcou o Boavista à meia hora de jogo, com um grande golo de Hamache. Diogo Costa bem se lançou, mas não conseguiu evitar o empate.

Veja as melhores imagens do encontro

Aos 41 minutos, Evanilson fez o 2-1. Passe de Mehdi Taremi, Evanilson foge à defesa axadrezada e atira para o fundo da baliza.

Os adeptos ainda estavam a sentar-se na sequência dos festejos do segundo golo e Taremi colocou a bola na baliza, mas o lance foi invalidado (e bem) por fora de jogo.

A segunda parte começou logo com o terceiro golo do FC Porto. Evanilson fez o movimento a explorar as costas da defesa, enquadrou-se bem e rematou, após bom passe de Taremi. Tudo fácil para a equipa da casa, que controlou praticamente o jogo todo.

O estreante inglês Namaso Loader, que tinha entrado aos 84 minuto para o lugar de Evanilson, ainda foi a tempo de marcar. Aos 90+6, o avançado de 21 anos, que habitualmente joga na equipa B, fechou a contagem em 4-1.

Com esta vitória, o FC Porto assume provisoriamente o primeiro lugar da I Liga, mas tem de esperar pelo que o Benfica faz no Estoril, a equipa sensação desta época.

Na quarta-feira, Sérgio Conceição e companhia têm mais um teste de fogo na Liga dos Campeões, ao jogar em San Siro, contra o AC Milan, a quarta jornada da fase de grupos do Grupo B.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.