“Não tenho dúvidas nenhumas de que vai ser um jogo de resultado imprevisível, um jogo discutido taco a taco por duas grandes equipas, formadas por grandes profissionais, que não se vão preocupar minimamente com tudo o que foi dito ao longo destes dias”, disse.

“Conheço bem as duas equipas e sei que estão preparadas para proporcionarem um bom espectáculo de futebol. Vamos respeitar o Leiria, mas também vamos acreditar que temos valor para trazer algo de positivo”, acrescentou o técnico sadino na conferência de imprensa antes do jogo com a antiga equipa, que trouxe de regresso à Liga principal.

Para Manuel Fernandes, a União de Leiria é “uma equipa forte colectivamente”, que está muito rotinada a jogar no 4x4x2 em losango e que tem jogadores perigosos no jogo aéreo e também nas bolas paradas.

No que respeita à equipa sadina, Manuel Fernandes não poderá contar com os castigados Neca e Ney, mas acredita que o Vitória de Setúbal tem condições para lutar pela conquista de um resultado positivo em Leiria.

“Mantermos a rotina de não perder era excelente”, disse Manuel Fernandes, lembrando que o Vitória de Setúbal pontuou nos últimos quatro jogos.

Para Manuel Fernandes, o primeiro passo para o Vitória de Setúbal obter um bom resultado em Leiria passa pela motivação dos jogadores sadinos para encararem o jogo da mesma forma que o fizeram com o Benfica, que terminou com uma igualdade (1-1).

O encontro entre a União de Leiria, quinta classificada com 26 pontos, e o Vitória de Setúbal, 14.º com 15 pontos, está agendado para as 16:00 de domingo, no estádio Municipal de Leiria, e terá arbitragem de Artur Soares Dias, do Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.