O treinador do Vizela defendeu esta quinta-feira que o Desportivo de Chaves, adversário da 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, “é mais do que mostra na tabela classificativa” e acredita que vai “criar dificuldades”.

Em conferência de imprensa de antevisão da partida, Pablo Villar revelou, no entanto, que a intenção do Vizela é continuar na senda dos bons resultados.

“Estamos invictos desde novembro. O último jogo que perdemos foi contra o FC Porto. Mas, tal como estávamos nos momentos menos bons, temos de continuar a trabalhar, ser melhores a cada dia. E o jogo de Chaves é uma boa prova para continuar a crescer e a capitalizar este bom momento. Vamos com intenção de continuar nesta linha”, garantiu o treinador.

Sobre o adversário, o técnico desvalorizou a série de três derrotas consecutivas e garantiu que os resultados não espelham a real qualidade da formação transmontana.

“O Chaves vem de três derrotas, mas também vem de uma paragem para as seleções que ajuda a quebrar essas dinâmicas. Estou à espera de um ambiente difícil e de uma equipa que nos vai colocar muitas dificuldades. Temos de manter a intensidade dos últimos jogos porque senão somos uma equipa medíocre. Acho que este Chaves vale mais do que o que diz a tabela. O Chaves tem coisas boas e vai colocar-nos dificuldades”, ressalvou ainda.

O Vizela, no 14.º lugar, com 10 pontos, joga este sábado, às 20:30, em casa do Desportivo de Chaves, 17.º classificado, com sete, numa partida relativa à 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que será arbitrada por Luís Godinho, da associação de Évora.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.