O Benfica tem feito de tudo para manter Ramires, uma das “jóias da coroa”, e parece que o jogador brasileiro, sensibilizado pelos esforços do presidente Luis Filipe Vieira, ficará mais uma época na Luz, tendo em conta as informações avançadas pelo jornal A Bola.

O Chelsea não desiste do médio brasileiro e, embora não chegue aos 30 milhões da cláusula de rescisão, a verba oferecida ascende aos 20 milhões de euros.

No entanto, nem só entre Benfica e Ramires se faz o negócio, já que a empresa Jazzy Limited detém 50 por cento do passe do jogador e terá uma palavra a dizer. De acordo com o estabelecido entre o clube e a empresa, na altura da cedência, se existir proposta concreta, o Benfica é obrigado a vender Ramires.

A estratégia encarnada para tentar convencer passará pela valorização do jogador, que este ano actua na Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.