“Seria para mim muito bom poder ingressar no Real Madrid, mas agora estou tranquilo, só penso na selecção. Tenho sete partidas pela frente e logo se vê o que acontecerá no futuro”, assegurou o extremo argentino, em Pretória.

Di María está satisfeito por o treinador português José Mourinho, que trocou o Inter de Milão pelos “merengues”, ter solicitado a sua aquisição.
“É fantástico que Mourinho me tenha pedido, tenha dito que me queria. Isso deixa-me mais tranquilo e contente, porque vou ter a possibilidade de ir para o Real, se Deus quiser”, acrescentou o jogador benfiquista.

Entretanto, em Macau, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, sublinhou hoje que a cláusula de rescisão de Di María, de 40 milhões de euros, é para cumprir e garantiu que não haverá lugar a trocas com jogadores do Real Madrid.

“Não há nenhum jovem envolvido em nenhuma transferência”, disse o dirigente, afirmando que “há uma cláusula de rescisão que é para ser cumprida”, disse.

Di María foi um dos 23 eleitos de Diego Armando Maradona para o Mundial2010 e deve ser titular na estreia da Argentina, marcada para sábado, frente à Nigéria, pelas 16:00 locais (15:00 em Lisboa).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.