"O Conselho de Administração da SAD e a Direção do clube informam que a DGS [Direção-Geral da Saúde] não autorizou a realização da partida entre o CD Feirense e o GD Chaves, referente à 1.ª jornada da LigaPro", lê-se numa nota dos flavienses, sem indicar mais pormenores.

Durante a manhã, o Desportivo de Chaves revelou que dois jogadores e dois elementos da equipa técnica do Desportivo de Chaves estavam infetados com o novo coronavírus e à hora do começo da partida chegou a informação de que o jogo não se deveria realizar.

Já com as duas equipas prontas para começar a partida, o árbitro João Gonçalves recebeu uma chamada telefónica e deslocou-se durante breves instantes ao túnel de acesso ao relvado.

Na transmissão televisiva da SportTV foi ainda possível ver os delegados da Liga Portuguesa de Futebol Profissional a falar ao telefone, juntamente com vários responsáveis dos dois clubes.

Já 27 minutos depois da hora prevista para o início do encontro, o árbitro apitou para que os jogadores recolhessem ao balneário, sem que tenha sido prestada qualquer informação oficial até ao momento.

O médio Guzzo e o guarda-redes Samu, e ainda os treinadores adjuntos Pedro Machado e Tiago Castro, testaram positivo “embora assintomáticos”, revelou, em comunicado, o clube transmontano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.