Um jogo equilibrado e decidido por um momento de génio. Se tivesse de apostar, era nesse cenário que Jaime Magalhães colocava o seu dinheiro. O antigo médio do FC Porto, campeão europeu pelos 'dragões', conversou com o SAPO Desporto e projetou o encontro de quarta-feira com a Juventus, referente à primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

"Acho que vai ser um jogo muito difícil para as duas equipas, porque tanto o FC Porto como a Juventus estão muito bem, estão a fazer um excelente campeonato. Será certamente um jogo muito difícil, que talvez se vá decidir com um lance de um génio qualquer que consiga fazer a diferença no jogo", projetou o antigo jogador.

Ora se do lado portista há jogadores capazes de desequilibrar a balança, do outro também não falta talento, ou não fossem jogar no Dragão craques como Higuaín ou Dybala. "Exatamente. Não vai faltar qualidade nas duas equipas e espero que o FC Porto consiga não sofrer golos e marcar alguns para podermos fazer um jogo em Turim de uma forma diferente".

E onde poderão estar as fraquezas desta temível 'Vecchia Signora'?

"É difícil encontrar pontos fracos. Pelo que tenho visto, a Juventus consegue fazer um jogo extremamente forte do princípio até ao fim. É uma equipa que estando a ganhar por um ou dois continua a jogar da mesma forma, com a mesma intensidade. Por isso mesmo é que está na frente, praticamente só com vitórias nos jogos que tem feito. Temos de ter um FC Porto com muitas cautelas, com muitos cuidados. Não podemos dar vantagem no meio-campo à Juventus porque senão vamos ter grandes dificuldades".

Para Jaime Magalhães, antigo médio, não se pode subestimar a importância do domínio a meio-campo num jogo como este, pelo que a sugestão dirigida a Nuno Espírito Santo passa por reforçar o 'miolo', que tem sido alvo de algumas alterações ao longo da época.

"De jogo para jogo há opções. Felizmente o Nuno tem muitas opções, mais para o meio-campo. Isso é bom, faz com que consiga rodar muitos jogadores. Neste caso irá optar pelos jogadores que lhe derem mais confiança para este jogo. Terá de ter um meio-campo reforçado, neste caso com o Danilo, que não jogou no último jogo. O Danilo dá uma segurança maior e é fundamental ganhar no meio-campo", realçou.

Qual é então o desejo de Jaime Magalhães para o encontro? "Espero que o FC Porto não sofra golos e consiga marcar pelo menos um golo para que eles tenham de ir depois atrás do prejuízo".

O FC Porto recebe a Juventus na quarta-feira, a partir das 19h45, em partida da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. Os 'dragões' defrontam depois a equipa italiana em Turim no dia 14 de março.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.