A 13.ª e mais recente ronda de testes à COVID-19 na Liga inglesa de futebol, realizada entre 06 e 12 de julho, resultou num caso positivo entre 2.071 pessoas examinadas, anunciou hoje a Premier League.

A Premier League não divulgou a identidade da pessoa em causa, nem sequer se se trata de um futebolista. Esta deverá agora seguir os protocolos de segurança, à semelhança da sua equipa.

Na série de testes anterior, não havia qualquer registo de infeção entre os 1.973 examinados.

Quando esta medida foi implementada, em 17 e 18 de maio, foram revelados seis positivos de três clubes, num total de 748 testados.

A partir daí, houve quatro registos de dois clubes a 24 e 26 de maio em 1.008 exames, sendo que depois o máximo se resumiu a dois.

Ao todo, em 18.351 testes houve 20 positivos.

O Reino Unido é um dos países mais afetados pelo novo coronavírus, registando 44.830 mortos em mais de 290 mil casos.

A pandemia de COVID-19 já provocou mais de 569 mil mortos e infetou quase 13 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.