O surfista António Laureano é o convidado do quinto episódio do Slow Talk, podcast do SAPO Desporto. O jovem, de apenas 18 anos, está muito perto de se tornar no protagonista da maior onda alguma vez surfada no mundo.

De acordo com a medição da Faculdade de Motricidade Humana (FMH), apresentada esta semana, a onda surfada por António tinha 30,9 metros. Com base neste cálculo, o ‘big rider’ português confia que este número vai valer-lhe o recorde no Livro do Guinness, que, desde 2017, está na posse do brasileiro Rodrigo Koxa, que, também na praia nazarena, enfrentou uma ‘gigante’ de 24,4 metros.

Ouça o podcast Slow Talk com António Laureano*

*devido à ligação inconstante de internet no programa Zoom, a gravação de áudio sofreu algumas falhas

A mediação foi feita através de um programa informático em que é marcada “a ‘crista’ da onda, que é o ponto mais alto e a sua base”, e avaliado o seu tamanho, tendo como “referencial de escala a altura do surfista”, segundo revelou Miguel Moreira, professor da Faculdade de Motricidade Humana (FMH). Para isso, foi identificada, nas imagens disponíveis, a ‘frame’ em que a "massa de água enorme e dinâmica […] tinha a altura mais alta".

A candidatura já foi submetida aos prémios XXL da Liga Mundial de Surf (WSL, na sigla inglesa), para depois ser homologada pelo Guinness World Record.

António Laureano, atualmente a frequentar o 12.º ano, já venceu várias distinções ligadas ao surf, como o Prémio Revelação Gigantes da Nazaré ou de maior onda na remada da EDP Mar Sem Fim. Pode acompanhar o trabalho do jovem surfista através da sua página de Instagram.

Nazaré: Um destino de sonho para os mais destemidos

Em 2011, a Nazaré entrou oficialmente para a lista dos destinos mais procurados do mundo por amantes de surf. Tudo por causa de Garrett McNamara, surfista havaiano que ali quebrou o recorde de maior onda surfada em fundo de areia do mundo (23,8 metros), adicionando o seu nome, e o da Nazaré, ao Livro do Guiness.

Desde então, vários têm sido os surfistas que têm colocado à prova as suas capacidades diante do 'canhão' da Nazaré. Em 2017, o brasileiro Rodrigo Koxa quebrou o recorde de McNamara em 61 centímetros ao surfar a maior onda de sempre com 24,38 metros, também na Praia do Norte.

Em janeiro de 2018, Hugo Vau surfou uma onda gigante que se acredita ter perto de 35 metros de altura. Seria, portanto, a maior alguma vez dominada por um humano em cima de uma prancha. Mas até hoje a homologação oficial nunca foi anunciada.

Nesse mesmo ano foi a vez de Nuno 'Stru' Figueiredo entrar para o livro de recordes com a maior onda alguma vez surfada de kitesurf, com 19 metros; e em fevereiro de 2020, a surfista brasileira Maya Gabeira conseguiu ultrapassar o seu próprio recorde do Guiness de maior onda surfada por uma mulher (22,4 metros).

O fenómeno das ondas gigantes ocorre todo os anos na Praia do Norte, no período entre outubro e março. O melhor local para admirar a sua magnitude é junto ao Farol da Nazaré, no Forte de São Miguel Arcanjo.

As melhores fotos da semana de desporto
A onda mostruosa que Rodrigo Koxa surfou na Nazaré. (Photo by Olivier MORIN / AFP) créditos: AFP or licensors

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.