Depois da derrota na visita ao terreno do Famalicão, o FC Porto procura regressar às vitórias na jornada que marca o regresso do 'Dragão' à sua casa, ainda que despida de adeptos devido à pandemia e contra um adversário que também não venceu na jornada passada, o Marítimo.

Depois de na jornada da retoma da I Liga ter visto o Benfica subir ao primeiro lugar do campeonato, com os mesmos pontos que o FC Porto (os 'dragões' levam vantagem no confronto direto, mas esse só conta no final do campeonato), o conjunto de Sérgio Conceição vai entrar em campo já a saber o resultado do rival que horas antes defronta o Portimonense no Algarve.

Os dragões contam com o regresso de Alex Telles às opções do técnico do FC Porto depois de ter cumprido castigo frente ao Famalicão. Por outro lado, Otávio vai cumprir um jogo de castigo esta quarta-feira.

Guia de Forma

O FC Porto chega ao duelo com o Marítimo depois da terceira derrota no campeonato, frente ao Famalicão por 2-1, que colocou fim a uma série de sete jogos sem perder para o campeonato da equipa comandada por Sérgio Conceição. Os dragões procuram alcançar aquilo que lhes foge na Primeira Liga há dois jogos: uma vitória. Já no último jogo antes da suspensão, frente ao Rio Ave, em casa, a equipa 'azul-e-branca' empatou a uma bola.

O Marítimo leva quatro jogos consecutivos sem vencer para a Primeira Liga. Na retoma empatou em casa a uma bola, num jogo 'recheado' de golos, mas com o VAR à mistura, frente ao Vitória de Setúbal. Antes da suspensão, a equipa comandada por José Gomes já levava três partidas consecutivas a perder, sendo que a última vitória se registou a 16 de fevereiro (vs Paços de Ferreira). De resto, nos últimos 10 jogos para o campeonato, os insulares somam apenas uma vitória, quatro empates e cinco derrotas.

Histórico

O histórico de confrontos entre FC Porto e Marítimo é longo, com o primeiro encontro a datar de 1926. Desde ai até aos dias de hoje as duas equipas já se defrontaram em 96 ocasiões, com clara vantagem 'azul-e-branca'.

Os 'dragões' venceram 66 dos 96 jogos frente ao emblema insular, 56 deles só na Primeira Liga. Do lado oposto está o Marítimo que saiu por cima dos embates entre as duas equipas em 13 ocasiões, nove delas na principal divisão do futebol português, mas... zero em visitas a casa do FC Porto para a I Liga.

De resto, desde 2015 que o FC Porto não perde frente ao Marítimo: seis vitórias e dois empates.

Marítimo 1-1 FC Porto: Dragão 'afoga-se' no Caldeirão e perde liderança para o Benfica
Marítimo 1-1 FC Porto: Dragão 'afoga-se' no Caldeirão e perde liderança para o Benfica
Ver artigo

Por falar em empates, esse foi o resultado de 17 jogos entre as duas equipas. O último já esta época, no empate a uma bola na nona jornada do campeonato no Estádio dos Barreiros, ainda com Nuno Manta Santos ao comando da equipa madeirense. Um jogo que teve direito a conferência de imprensa quente de Sérgio Conceição, se bem se lembra.

O que dizem os técnicos

Na antevisão ao encontro desta quarta-feira, Sérgio Conceição deixou elogios à equipa do Marítimo, que considera ser bem orientada por José Gomes. O técnico portista espera um jogo complicado num ambiente "estranho".

"Vocês recordam-se do nosso primeiro jogo, agora são orientados por um treinador diferente, os jogadores são praticamente os mesmos, com qualidade individual. É uma equipa que penso que está muito bem orientada, com uma equipa técnica muito capaz. Esperamos um jogo difícil, como são todos no campeonato e cabe-nos ter a responsabilidade de assumir que temos de o ganhar. Num ambiente diferente, estranho, onde falta o condimento do público, que é sempre importante e que cria uma atmosfera única num estádio de futebol. Estamos todos a aprender com isso e temos que lidar com isso", afirmou.

Conceição abordou ainda a permissão da realização das cinco substituições a partir desta jornada, questionando o 'timing' da introdução da nova regra.

"Sou sempre a favor daquilo que pode dar mais qualidade ao jogo, a nível de regras que podem ser introduzidas. Mais frescura, intensidade, velocidade, para que o jogo seja sempre atrativo. Temos é de estar atentos ao 'timing' para a introdução dessas mesmas regras. A nove jornadas do fim introduzir uma nova regra não sei se será benéfico neste momento, na minha modesta opinião. Que será bom para o futebol no futuro, sem dúvida nenhuma e estou completamente de acordo e a favor", afirmou.

Já José Gomes afirmou que espera um FC Porto "forte e agressivo", mas que a sua equipa está preparada para fazer um jogo positivo no Dragão.

“O que esperamos é um FC Porto muito forte e agressivo, à procura de provocar erros no nosso processo ofensivo. Os jogadores responderam muito bem e trabalharam muito bem e, amanhã [quarta-feira], vamos ver se foi só aparentemente que ultrapassaram esta questão. Sinto que a equipa está bem, está preparada e que vai fazer um jogo positivo no [Estádio do] Dragão”, considerou.

O técnico dos insulares realçou ainda a "agressividade competitiva" da equipa 'azul-e-branca' desde que Sérgio Conceição chegou ao comando do FC Porto.

"A razão que levou, na chegada do Sérgio Conceição ao FC Porto, a transformar, naquela época [2017/18], comparativamente entre os três ‘grandes’, talvez a equipa menos forte a ser campeã foi a agressividade competitiva. Isso é uma constante. Isso sabemos que vamos encontrar”, recordou.

Árbitro

O árbitro da partida entre FC Porto e Marítimo é Tiago Martins, auxiliado por Pedro Mota e Hugo Ribeiro com Hugo Silva com quarto árbitro.

O árbitro da Associação de Futebol de Lisboa apitou o FC Porto uma vez esta época, no jogo da 12.ª jornada, frente ao Paços de Ferreira no Estádio do Dragão, que terminou com a vitória 'azul-e-branca' por 2-0.

Já o Marítimo viu três dos seus jogos esta época na I Liga serem arbitrados pelo lisboeta, somando duas derrotas (vs Gil Vicente e SC Braga) e um empate (vs Sporting).

Na Cidade do Futebol a cargo do videoárbitro estará Manuel Oliveira, assistido por Tiago Leandro.

A partida têm inicio às 21h30 e pode ser acompanhada, AO MINUTO, aqui no SAPO Desporto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.