A 28.ª jornada da I Liga encerra com o Sporting a deslocar-se à cidade do futebol para medir forças com o Belenenses SAD.

O Sporting é 3.º na I Liga com 49 pontos, o Belenenses SAD ocupa o 13.º posto com 30 pontos. A equipa verde e branca atravessa um bom momento, ao somar um empate e dois triunfos depois do regresso da Liga.

Embalada pelos últimos bons resultados, a equipa de Alvalade respira confiança e determinação, mérito do espírito novo incutido pela academia leonina na equipa principal.

Sem pressão, este Sporting pode e está a dar oportunidade à prata da casa, o que certamente não se passaria caso a equipa estivesse a lutar pelo título.

O último encontro, vitória sobre o Tondela em casa por 2-0, proporcionou a estreia de Nuno Mendes a titular, que foi o escolhido para render o lesionado Acuña.

Ao Sporting interessa vencer de forma a manter a vantagem sobre o Sporting de Braga na luta pelo terceiro lugar.

Os verdes e brancos há quatro jogos que não conhecem o sabor da derrota e somam dois triunfos consecutivos, depois da vitória frente ao Paços de Ferreira.

A equipa de Rúben Amorim vai tentar atingir o melhor registo da época do Sporting, que é de três triunfos consecutivos.

Já o Belenenses SAD, venceu fora de portas o Aves (0-2) no reinício da Liga. Na jornada seguinte, recebeu o V. Guimarães (1-1) e na 27.ª jornada foi derrotado na visita ao reduto do Paços de Ferreira (2-1).

O último confronto entre as duas equipas: Leão saciou a fome de golos

Foi na 32.ª jornada do ano passado a última recepção do Belenenses SAD ao Sporting. A equipa na altura treinada por Marcel Keizer derrotou o Belenenses SAD por 8-1, equipa curiosamente orientada pelo último treinador dos leões, Jorge Silas - com golos de Raphinha 10, Luiz Phellype 45+1, Nemanja Gudelj 65, Bruno Fernandes 70 (g.p.) 75 84, Bas Dost 77, Idrissa Doumbia 90.

Uma vitória clara e avassaladora dos leões num encontro atípico que serviu de aquecimento para a final da Taça de Portugal no Jamor, encontro onde o Sporting derrotaria o FC Porto.

Como pode jogar o Sporting

Com a saída de Mathieu devido a lesão, Rúben Amorim tem nova dor de cabeça de forma a suprir a vaga deixada pelo francês para ocupar um lugar na defesa. Depois de na partida frente ao Tondela ter utilizado um trio de centrais, com Mathieu, Coates e Eduardo de Quaresma, o técnico português vê-se obrigado a testar outra solução.

Na calha, há duas alternativas. A utilização do colombiano Borja, um jogador mais tarimbado, ou então apostar na 'prata da casa', com Gonçalo Inácio. Borja foi opção na partida frente ao Paços de Ferreira, mas não tinha sido utilizado por Amorim nos dois primeiros jogos do técnico no banco do Sporting.

Por outro lado, Gonçalo Inácio, de apenas 18 anos pode estrear-se na equipa principal e seguir a trajetória de Eduardo Quaresma que tem sido aposta de Rúben Amorim. Esta temporada disputou 23 jogos pela equipa de juniores e três pela equipa de sub-23. Esquerdino e com elevada margem de progressão, poderá ser visto por Amorim como o sucessor natural de Mathieu.

O que disseram os dois técnicos?

Petit teceu rasgados elogios a Rúben Amorim e à equipa do Sporting. Contudo, o técnico espera a sua equipa regresse aos bons resultados depois dos resultados negativos.

"É uma equipa que gosta de ter bola, é muito forte na primeira fase de construção com os centrais e tem uma ideia de jogo semelhante à nossa. Pelo momento que está a passar, podemos dizer que é o melhor da época, mas estamos precavidos para defrontar um adversário forte e moralizado. A nossa equipa quer reagir a um resultado negativo e tem feito também bons jogos. Atravessávamos um bom momento antes do último jogo e estamos a fazer um bom trabalho", anteviu.

Rúben Amorim falou do facto de as duas equipas terem sistemas semelhantes mas coloca o Sporting em vantagem qualidade individual.

"É verdade, temos sistemas parecidos e alguns movimento idênticos. Mas penso que na qualidade individual temos vantagem. Não somos exatamente iguais, cada um tem o dedo dos treinadores e dos jogadores. O que eu espero é que a nossa exibição seja consistente, queremos melhorar e com muita intensidade, de ter bola e ser dominador. Temos que assumir isso, porque a ideia passa por dominar e vencer no fim", frisou, na conferência de imprensa.

Questionado se o Sporting ainda vai a tempo de chegar ao segundo luar, Ruben Amorim lembrou que apenas quer vencer um jogo de cada vez.

"Eu penso em manter a nossa posição e melhorar. Se perdermos um jogo e o SC Braga ganhar passamos para 4.º. Penso jogo a jogo, tendo este novo projeto, com tanta juventude, é manter o foco jogo a jogo. Só precisam de pensar que ganhando ao Belenenses continuamos no nosso objetivo", atirou.

Árbitro da partida

Hélder Malheiro foi o árbitro escolhido pelo Conselho de Arbitragem de Federação Portuguesa de Futebol para dirigir Belenenses SAD vs Sporting, jogo da 28.º jornada da Primeira Liga.

O encontro terá lugar na Cidade do Futebol, 'casa' do Belenenses SAD e Santa Clara nesta retoma da I Liga.

O árbitro da Associação de Futebol de Lisboa terá Rui Cidade e Rodrigo Pereira como assistentes. No VAR estará Luís Ferreira, que terá Inácio Pereira como assistente de vídeo-árbitro.

O Belenenses SAD recebe, esta sexta-feira, o Sporting em partida a contar para a 28.ª jornada da Primeira Liga. A partida tem início às 19h15.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.