Racismo no futebol português

A 17 de fevereiro, Marega abandonava o jogo entre FC Porto e o Vitória de Guimarães, ao minuto 71, depois de ter sido vítima de insultos racistas ao longo da partida pelos adeptos da casa.  O jogador maliano pediu para ser substituído numa altura em que os ‘dragões' venciam por 2-1. Os colegas tentavam demovê-lo mas Marega estava irredutível na decisão, apontando para as bancadas o polegar para baixo.

Revista do Ano 2020: notícias, insólitos, vídeos e fotos mais marcantes do ano

Marega não foi ato isolado: recorde outras ocasiões em que o racismo 'invadiu' o desporto português
Marega não foi ato isolado: recorde outras ocasiões em que o racismo 'invadiu' o desporto português
Ver artigo

O FC Porto considerou que o episódio "devia envergonhar aqueles que o perpetraram, o futebol português e Portugal enquanto país", revelando ainda a presença de Pinto da Costa após a partida, para demonstrar apoio a Marega, reforçando ainda o repúdio que se tem prolongado por todos os setores da sociedade portuguesa.

Moussa Marega juntou-se a uma longa lista de jogadores que já se viram envolvidos em episódios racistas ao longo dos anos, tornando-se mesmo o primeiro jogador a sair de uma partida de futebol por vontade própria em solo português.

Imprensa internacional apelida de “vergonhoso” o que aconteceu em Guimarães

Joaquim Evangelista louvou a atitude de Marega e afirmou que o caso não foi novo e que o Sindicato dos Jogadores já teve conhecimento de outras situações semelhantes com outros jogadores. Em declarações exclusivas ao SAPO Desporto, o presidente do Sindicato dos Jogadores afirmou mesmo que o racismo é algo enraizado na sociedade portuguesa e condenou as reações de "paternalismo" à atitude de Marega.

Insultos a Marega começaram no aquecimento. Veja o vídeo

Ainda longe da dura realidade, COVID-19 começava a afetar o desporto

A 26 de fevereiro deste ano, a epidemia tinha atingido mais de 81 mil pessoas a nível mundial, tendo provocado a morte de 2.765 pessoas, a maioria na China. À data de hoje são mais de 75 milhões de infetados e mais de 1.5 milhões de óbitos em todo o mundo. Nesta altura, começava-se já a falar em possíveis cancelamentos de grandes provas, como se viria a verificar.

Na Europa, a situação em Itália começava a soar alarmes. A Liga dos Campeões ainda não tinha sido afetada pela COVID-19, sendo que os adeptos da Juventus (da cidade de Turim, no norte de Itália) puderam viajar sem restrições para assistir ao jogo da 1.ª mão dos 'oitavos' da prova milionária em Lyon, esta quarta-feira.

O jogo da Liga dos Campeões entre a Atalanta e o Valência, disputado a 19 de fevereiro em Milão, foi "uma bomba biológica" na propagação da covid-19.

Na altura em que o jogo foi realizado, a Itália tinha apenas três casos confirmados do novo coronavírus (um casal chinês e um italiano repatriado da China). Todos estavam em isolamento e a proliferação do vírus parecia controlada. Parecia.

Será o Atalanta-Valência a origem do surto de coronavírus em Bergamo? Papu Gómez, capitão da Atalanta, acredita que sim
Será o Atalanta-Valência a origem do surto de coronavírus em Bergamo? Papu Gómez, capitão da Atalanta, acredita que sim
Ver artigo

O jogo em causa, contudo, foi visto por 40 mil pessoas no estádio em Milão - não foi realizado em Bergamo pois o estádio da Atalanta, que se estreou nesta temporada na Liga dos Campeões, não possuía as credenciais da UEFA. A verdade é que depois deste jogo, os casos em Itália e Espanha explodiram.

O resto da história todos sabemos. As segundas mãos dos encontros europeus ainda se realizaram, à porta fechada, mas depois foram interrompidas.

As melhores imagens do mês de fevereiro

Mês de clássico no Dragão

Fevereiro foi mês de clássico no Dragão. O FC Porto venceu o Benfica por 3-2 no jogo grande da 20.ª jornada do campeonato português. Um clássico bem disputado, com nervosismo à mistura, cinco golos e alguma polémica. Sérgio Oliveira, Alex Telles (pen.) e um auto-golo de Rúben Dias deram a vitória ao FC Porto. Um bis de Carlos Vinícius ainda deu alento à equipa lisboeta, mas infrutífero.

Veja o vídeo do resumo do clássico

Continuava o julgamento do Caso Alcochete

O arguido Rúben Marques assumiu em tribunal ter batido com um cinto na cabeça do futebolista internacional holandês Bas Dost, durante a invasão à academia do Sporting, em Alcochete, em 15 de maio de 2018.

"Vejo toda a gente a entrar em direção ao edifício, com o cinto na mão, entro. Seguimos até ao balneário e foi aí que me deparei com o Bas Dost na entrada e dei-lhe uma pancada com o cinto", explicou o arguido na 32.ª sessão do julgamento da invasão à academia do clube.

"Os jogadores estavam a entrar no balneário, estávamos preparados para o treino e, não compreendi porquê, o Vasco Fernandes mandou-nos para o balneário. Eu não voltei, fiquei no corredor; a porta abriu-se e entrou um homem com máscara", descreveu Bas Dost.

Jesus volta ser rei no Brasil

O Flamengo, na altura treinado pelo português Jorge Jesus, conquistava a Supertaça sul-americana de futebol, ao vencer os equatorianos do Independiente Del Valle por 3-0, no Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.

Depois do empate a dois golos no Equador, o conjunto brasileiro venceu com tentos de Gabriel Barbosa, aos 19 minutos, e Gerson, aos 62 e 89, num embate em que atuou reduzido a 10 unidades desde os 23, por expulsão de Willian Arão.

Veja as imagens da conquista

Sob o comando de Jorge Jesus, o ‘Fla’ já havia conquistado a Taça Libertadores e o campeonato brasileiro, em 2019, e, já este ano, a Supertaça brasileira e ainda a Taça Guanabara, a primeira volta do estadual Carioca.

A desilusão europeia das equipas portuguesas

Sporting de Braga, FC Porto, Sporting e Benfica começaram com tudo em aberto para os oitavos-de-final da Liga Europa, mas terminaram com uma despedida amarga, a recordar uma ausência que não se via há mais de quatro décadas.

O Benfica disse adeus à Liga Europa ao empatar em casa, 3-3, com o Shakhtar Donetsk, num jogo em que chegou a estar, por duas vezes, em posição de apuramento, mas em que viu o adversário responder sempre de pronto a cada golo 'encarnado'.

Quinta-feira 'negra': Como Portugal passou de país mais representado a 'desaparecido em combate' na Liga Europa
Quinta-feira 'negra': Como Portugal passou de país mais representado a 'desaparecido em combate' na Liga Europa
Ver artigo

A página negra das equipas portuguesas começou a ser escrita quando o Sporting de Braga perdeu por 1-0 na receção aos escoceses do Rangers. Depois foi a vez do FC Porto ser eliminado ao perder com o Bayer Leverkusen por 3-1, em jogo disputado no Estádio do Dragão. Meia hora depois do apito final no Estádio do Dragão, também o Sporting perdia por 4-1, após prolongamento, frente aos turcos do Basaksehir.

Braga revalida título do "Mundialito" de clubes de futebol de praia

Campeão europeu e mundial de clubes de futebol de praia em título, o Sporting de Braga conquistava o Mundialito, ao triunfar por 8-3 na Rússia, na final, frente ao Spartak Moscovo.

Tricampeão nacional de futebol de praia, o conjunto minhoto começou por ganhar vantagem nesta final cedo no encontro. A estrela da companhia, considerado o melhor jogador do mundo, Jordan Santos, abriu o marcador logo no primeiro minuto. Rafael Padilha elevou para 2-0 aos sete minutos e, ainda no primeiro período, Bruno Xavier elevou para 3-0.

O presidente António Salvador destacou "o percurso absolutamente notável" da equipa de futebol de praia.

Kansas City Chiefs vencem o segundo Super Bowl da sua história

Os Kansas City Chiefs conquistaram pela segunda vez, 50 anos depois, o Super Bowl, sagrando-se campeões da Liga norte-americana de futebol americano (NFL), ao baterem os San Francisco 49ers por 31-20, em Miami.

O conjunto de Kansas City repetiu o sucesso de 1970, ano em que venceu os Minnesota Vikins por 23-7, na segunda presença no Super Bowl, três anos após o desaire por 35-10 face aos Green Bay Packers.

Revista do Ano 2020: notícias, insólitos, vídeos e fotos mais marcantes do ano

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.