O mês de setembro foi rico em acontecimentos importantes: Modric foi eleito Melhor Futebolista do Mundo pela FIFA, Frederico Varandas foi eleito presidente do Sporting e a SAD do Benfica foi constituída arguida no processo e-Toupeira.  Em setembro arrancou a Liga das Nações, a nova competição de seleções da UEFA. Portugal venceu fora a Itália.

Varandas, o novo líder leonino

Frederico Varandas, um médico para 'curar' o Sporting
Frederico Varandas, um médico para 'curar' o Sporting
Ver artigo

Depois de uma campanha renhida, com seis candidatos e muitas trocas de acusação, os sportinguistas elegeram Frederico Varandas para a presidência do clube. O antigo responsável pelo departamento médico da formação leonina sucedia assim a Bruno de Carvalho, que foi destituído do cargo pelos sócios, depois das agressões aos jogadores, técnicos e médicos em Alcochete por parte de alguns adeptos do clube. Apesar das ameaças de Bruno de Carvalho em impedir o escrutínio, os sportinguistas responderam em massa e colocaram os destinos do clube em Frederico Varandas, que ficou à frente de João Benedito em votos, apesar de o antigo capitão da equipa de futsal do Sporting ter conseguido mais votantes.

Explode o caso E-Toupeira

Sporting/Eleições: Seis candidatos para afugentar o ‘fantasma’ de Bruno de Carvalho
Sporting/Eleições: Seis candidatos para afugentar o ‘fantasma’ de Bruno de Carvalho
Ver artigo

Para o Benfica acabou por ser um mês de más notícias: A SAD 'encarnada' e o seu assessor jurídico, Paulo Gonçalves, foram constituídos arguidos e acusados de corrupção no processo e-Toupeira. À SAD do Benfica é imputada 30 crimes, enquanto Paulo Gonçalves responde por 79. Luís Filipe Vieira sublinhava, no entanto, que não havia nenhum indício de crime cometido pela Sociedade Anónima Desportiva do SL Benfica.

Além do processo e-Toupeira, o Benfica viu o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) confirmar a decisão do Instituto Português do Desporto e da Juventude que aplicou o castigo de um jogo a porta fechada ao clube da Luz, mas também ao SC Braga e ao Paços Ferreira, na sequência de processos ainda da temporada passada. O clássico com o FC Porto esteve em risco de se jogar à porta fechada, mas o clube da Luz recorreu, o que acabou por suspender o castigo.

Veja as melhores imagens do mês na fotogaleria abaixo

A nível de futebol, Luisão anunciou o seu adeus aos relvados, ele que transita para a estrutura 'encarnada'. Na Liga a equipa de Rui Vitória deixava dois pontos em casa do Desportivo de Chaves e arrancava a 'Champions' com uma derrota frente ao Bayern Munique.

Luisão encerra a carreira de futebolista
Luisão acompanhado pelo presidente do Benfica, pela sua família, colegas de equipa e elementos da estrutura do clube durante uma cerimónia que assinala o fim da sua carreira de futebolista. MANUEL DE ALMEIDA / LUSA créditos: Lusa

Outro tema que marcou setembro foi a polémica destituição de Augusto Baganha do cargo de presidente do Instituto Português do Desporto e da Juventude. Vítor Pataco foi a escolha para ocupar o cargo, algo que irritou o antigo presidente. Baganha revelou pressões do Governo sobre interdição da Luz, mais precisamente do Secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo.

Modric, o refugiado de Guerra que acabou com a dinastia de dois extra-terrestres
Modric, o refugiado de Guerra que acabou com a dinastia de dois extra-terrestres
Ver artigo

Modric, o Melhor Jogador do mundo

Setembro marcou também uma nova era no futebol mundial. O croata Luka Modric foi eleito Melhor Jogador da época pela FIFA, destronando assim Cristiano Ronaldo. Foi a primeira vez em dez anos que Lionel Messi e Cristiano Ronaldo não venceram o prémio, eles que tem dominado as distinções individuais no futebol mundial. O croata, Melhor Jogador do Mundial2018, levou a sua seleção até a final na Rússia, apesar da derrota para a França.

A Gala dos prémios 'The Best' da FIFA ficou marcada ainda pelas ausências de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, algo que criou algum desconforto no organismo que rege o futebol mundial.

A nível desportivo, o FC Porto arrancou a edição 2018/2019 da 'Champions' com um empate frente ao Schalke04, no regresso ao Gelsenkirchen. O Sporting também venceu no arranque da Liga Europa. Setembro chegava ao fim com o SC Braga a liderar a I Liga, com mais um ponto que o FC Porto, mais dois que o Benfica e mais três que o Sporting e Rio Ave.

Lá fora, Mourinho mantinha-se no centro de das atenções, depois de mais uma polémica com Paul Pogba. O técnico português do Manchester United continuava a acumular maus resultados, tendo sido eliminado da Taça da Liga pelo seu antigo pupilo, Frank Lampard. Em Espanha o Barcelona perdia em casa com o último e deixava Messi sem record. O Real Madrid de Lopetegui era humilhado pelo Sevilha de André Silva, com o português a brilhar.

CR7 estreia-se a marca pela Juventus

Foi em setembro que Cristiano Ronaldo se estreou a marcar com a camisola da Juventus. O português bisou na vitória sofrida frente ao Sassuolo mas, três dias depois, viria a ter um regresso amargo à Espanha. Na primeira ronda da fase de grupos da Champions, o português foi expulso com vermelho direto na vitória da Juventus frente ao Valência.

Nas outras modalidades, o mês de setembro foi rico em resultados brilhantes para os portugueses. Nos mundiais de maratona, em canoagem, Sérgio Maciel deu o título de sub-23 a Portugal em C1. A seleção feminina de futsal garantiu a presença na fase final da primeira edição do Europeu de futsal.

O colapso de Serena Williams

US Open: Serena Williams chama "ladrão" e "mentiroso" a árbitro português
US Open: Serena Williams chama "ladrão" e "mentiroso" a árbitro português
Ver artigo

No ténis, o destaque foi para a vitória de Osaka no torneio feminino em Indian Wells, no US Open, frente a Serena Williams, numa final muito polémica. A norte-americana teve um desentendimento feio com o árbitro português Carlos Ramos. No mesmo torneio, mas em masculinos, o português João Sousa fez história ao atingir pela primeira vez os oitavos de final.

Cristiano Ronaldo chora após ser expulso frente ao Valência
Cristiano Ronaldo chora após ser expulso frente ao Valência

Setembro foi também mês de Mundiais de ciclismo. Alejandro Valverde sagou-se campeão do mundo de ciclismo de fundo, a holandesa Anna van der Breggen tornou-se campeã mundial de estrada. Nas duas rodas, o destaque vai para Ana Carrasco que se tornou na primeira mulher campeã do mundo de motociclismo. Já nas quatro rodas, Hailie Deegan tornou-se na primeira mulher a vencer na NASCAR Pro Series, com apenas 17 anos.

No râguebi, o Belenenses conseguiu ser coroado campeão de Portugal. O SC Braga venceu a Supertaça de futebol feminino, o Benfica sagrou-se campeão europeu de atletismo em sub-20. Destaque ainda para a histórica medalha de bronze de um par português no Campeonato do Mundo de Danças de Salão e para o título europeu de Patrícia Sampaio no judo, em juniores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.