Futebol Nacional

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol instaura um processo disciplinar com “natureza urgente” ao Belenenses SAD, devido à insuficiência de jogadores que levou ao fim antecipado do jogo com o Benfica.

Num encontro que não devia ter acontecido e em que toda a gente - menos quem devia - anteviu o que ia acontecer, o Benfica marcou sete golos e somou três pontos frente a um Belenenses SAD que entrou em campo com nove homens e acabou por ter de abandonar o campo por falta de jogadores. Um dia negro para o futebol português.

Depois de, na véspera, se ter ficado a saber do surto de COVID-19 que afetava prativamente todo o plantel do Belenenses SAD e de a realização da partida tem chegado a estar em dúvida, ao longo do dia percebeu-se que o jogo iria mesmo acabar por acontecer. Mas não devia ter acontecido, fosse de quem fosse a responsabilidade de o ter travado.

Imprensa estrangeira destaca "vergonha mundial" entre Belenenses SAD e Benfica
Imprensa estrangeira destaca "vergonha mundial" entre Belenenses SAD e Benfica
Ver artigo

O presidente do Benfica reconheceu que se trata de um episódio triste para o futebol português, mas fez questão de descartar quaisquer culpas por parte das 'águias' no que se passou. Já o presidente da Belenenses SAD elogiou os seus jogadores que entraram em campo e esclareceu o que se passou antes do encontro, entre muitas críticas à Liga, assim como os clubes, SC Braga, FC Porto e Sporting, por exemplo.

A partida ‘insossa’ com a República da Irlanda mostrava que algo ia mal no ‘reino’ luso e a desilusão acabou mesmo por se abater sobre as cores nacionais, face à derrota com a Sérvia na derradeira jornada de qualificação, que obrigará a formação comandada por Fernando Santos a disputar o ‘play-off’ de apuramento para o Mundial.

Jovem adepta invadiu o relvado para abraçar Cristiano Ronaldo... e agora vai pagar uma multa
Jovem adepta invadiu o relvado para abraçar Cristiano Ronaldo... e agora vai pagar uma multa
Ver artigo

Portugal não falhava uma fase final de uma grande competição desde o Mundial de 1998. Agora, Portugal terá de vencer, em 24 de março de 2022, em solo luso, a Turquia. Caso se confirme o cenário de triunfo luso, a última batalha antes de chegar ao Qatar será contra o vencedor do Itália-Macedónia, a 29 de março.

Futebol Internacional

Nuno Espírito Santo é afastado do comando técnico do Tottenham, depois de ter chegado ao clube no início da temporada 2021/22. O treinador português assumiu o leme do emblema londrino no verão, depois de várias épocas ao leme do Wolverhampton, e tinha um contrato de dois anos com o emblema de Londres. Porém, acabou despedido ao fim de apenas 17 jogos jogos no conjunto de todas as competições.

A imprensa inglesa avançou, na altura, com os valores da indemnização milionária que o técnico português deveria receber. Segundo o 'The Sun', ao todo, NES teria direito a receber mais de 16 milhões de euros.

Taça Libertadores: A festa dos jogadores do Palmeiras
Taça Libertadores: A festa dos jogadores do Palmeiras
Ver artigo

O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, conquista pela segunda vez consecutiva a Taça Libertadores de futebol, ao bater na final o Flamengo, por 2-1, após prolongamento. Este foi o terceiro título do Palmeiras na principal prova continental sul-americana, igualando São Paulo, Santos e Grêmio como clube brasileiro mais titulado na Libertadores.

No final do encontro, Abel Ferreira admitiu deixar o Palmeiras depois desta conquista: "Tenho que refletir o que quero para mim para o presente e para o futuro. O futebol no Brasil não dá saúde a ninguém".

Ao todo, o Palmeiras encaixou 19,8 milhões de euros. Só a final rendeu 13,25 milhões de euros ao clube treinado por Abel Ferreira. O caminho desde a fase de grupos até a final fez entrar 6,6 milhões de euros nos cofres do Verdão.

GALERIA: As melhores imagens da Gala Ballon d'Or 2021, com o 'glamour' da passadeira vermelha, gente do cinema, homens misteriosos e o sorriso dos vencedores
GALERIA: As melhores imagens da Gala Ballon d'Or 2021, com o 'glamour' da passadeira vermelha, gente do cinema, homens misteriosos e o sorriso dos vencedores
Ver artigo

O argentino Lionel Messi conquista pela sétima vez a Bola de Ouro, prémio do France Football para o melhor futebolista do ano, batendo a concorrência do polaco Robert Lewandowski. Messi venceu o troféu em 2009, quando era só responsabilidade do France Football, em 2010, 2011, 2012 e 2015, numa associação da revista francesa à FIFA, e ainda em 2019, de novo sem a chancela da organização que superintende o futebol mundial.

Com este prémio vieram muitas críticas vindas de várias personalidades do mundo do futebol e não só. Muitos defendem que o galardão deveria, este ano, ter sido entregue a Robert Lewandowski ou Jorginho. Iker Casillas, antigo guarda-redes do Real Madrid e do FC Porto, e o antigo jogador alemão Lothar Matthaus foram algumas das vozes críticas.

Depois do despedimento de Ronald Koeman no final de outro, devido a maus resultados, o Barcelona anuncia Xavi Hernández como novo treinador de futebol da equipa da Catalunha, sucedendo assim ao holandês. O antigo jogador da casa cumpriu 17 épocas na equipa principal do Barcelona. Como treinador, estreou-se no Al Sadd, depois de quatro épocas a jogar no clube catari.

Poucos dias depois, o novo treinador dos catalães estreou-se nas novas funções com uma vitória por 1-0 na receção ao vizinho e rival Espanyol.

O Manchester United anuncia a saída de Ole Gunnar Solskjaer. O treinador norueguês não resistiu aos maus resultados, nomeadamente à derrota com o Watford. Solskjaer manifestou-se “muito orgulhoso” pelos três anos em que treinou a equipa de futebol do Manchester United e confessou que se sentiu sempre apoiado pelos jogadores dos ‘red devils’. Poucos dias depois, o clube onde joga Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes oficializou Ralf Rangnick como treinador interino até ao final da temporada.

FPF elogia Leonardo Jardim pela conquista da Champions asiática
FPF elogia Leonardo Jardim pela conquista da Champions asiática
Ver artigo

Leonardo Jardim tornou-se no primeiro treinador português a vencer a Liga dos Campeões Asiáticos. O técnico madeirense guiou o Al Hilal da Arábia Saudita ao triunfo, após uma vitória por 2-0 diante dos sul-coreanos do Pohang Steelers, na final disputada no King Fahd International Stadium, na Arábia Saudita. Marega, ex-FC Porto, fez um dos golos da equipa de Leonardo Jardim.

Com esta conquista, os treinadores portugueses já conquistaram as Ligas dos Campeões da Europa, África, América do Sul e Ásia.

As melhores imagens do mês de novembro 2021 na galeria abaixo

Outras modalidades

Galeria: Veja as melhores imagens de Ricardinho ao serviço da seleção portuguesa
Galeria: Veja as melhores imagens de Ricardinho ao serviço da seleção portuguesa
Ver artigo

O internacional português Ricardinho anuncia o fim de uma carreira de 18 anos na seleção de futsal, um mês após ter-se sagrado campeão mundial pela primeira vez, título que juntou ao europeu conquistado em 2018. Primeiro, um vídeo, com imagens de uma caminhada ímpar. Depois, os agradecimentos. E, no final, as lágrimas, numa conferência de imprensa muito emotiva na Cidade do Futebol.

Além de campeão do Mundo e da Europa, Ricardinho, de 36 anos, é o único praticante eleito por seis vezes melhor jogador de futsal do mundo (2010, 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018), pelo portal Futsal Planet. O Mágico contabilizou 187 jogos e 141 golos na equipa das ‘quinas’, pela qual se estreou em junho de 2003, numa vitória sobre Andorra (8-4), em Tavira.

Espanha revalida o título europeu de hóquei em patins, ao derrotar a França por 2-1, após prolongamento, na final do 54.º Campeonato da Europa, em Paredes, somando o 18.º cetro continental. O jogo de atribuição do terceiro e quarto lugares entre Portugal e Itália foi cancelado pela federação europeia da modalidade, que invocou motivos de saúde pública, depois de terem sido detetados dois casos de covid-19 na seleção portuguesa.

Federação de Patinagem reage ao polémico jogo que deixou Portugal fora do Europeu: "Negar competir é a antítese daquilo que deve ser a excelência das equipas"
Federação de Patinagem reage ao polémico jogo que deixou Portugal fora do Europeu: "Negar competir é a antítese daquilo que deve ser a excelência das equipas"
Ver artigo

A equipa portuguesa ficou fora do campeonato da Europa ainda antes de entrar em campo, onde bateu Andorra. Isto porque Espanha venceu a França por 3-1, num resultado que apurou as duas equipas, e num jogo que ficou marcado por um momento polémico. Marc Grau falhou de propósito um livre direto e viu o cartão azul. Na sequência a França reduziu num livre direto depois do gesto espanhol.

O espanhol Pedro Acosta (KTM) conquista o título de campeão do mundo de Moto3, ao vencer o Grande Prémio do Algarve de motociclismo de velocidade, em Portimão, beneficiando da queda do italiano Dennis Foggia (Honda). Já em MotoGP, a prova ficou marcada pela queda do português Miguel Oliveira a duas voltas do final. A correr em casa, o português foi colhido pela mota de Iker Lecuona, caiu, e teve de receber assistência hospitalar. A prova foi ganha pelo italiano Peco Bagnaia. O francês Fabio Quartararo, campeão, também caiu.

O ugandês Jacop Kiplimo bate recorde mundial na 30.ª edição da meia maratona de Lisboa, com o tempo de 57.31 minutos. O campeão do mundo da distância, reduziu em um segundo o recorde que pertencia ao queniano Kibiwott Kandie (57.32) desde 2020, na cidade espanhola de Valência.

O piloto Sébastien Ogier (Toyota Yaris) conquista pela oitava vez o título mundial de ralis, ao vencer o Rali de Monza, 12.ª e última prova do Campeonato do Mundo. O francês, de 37 anos, já se tinha sagrado campeão em 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2018 e 2020, sendo que, com os resultados da última prova do campeonato, a Toyota conquistou, também, o título de Construtores

A judoca portuguesa Telma Monteiro conquista a medalha de ouro no Grand Slam de Abu Dhabi, ao vencer na final de -57 kg a francesa Priscila Gneto, por ‘waza-ari’, a 55 segundos do final do combate. A medalha de ouro de Telma Monteiro junta-se ao bronze alcançado um pouco antes por Catarina Costa, mas na categoria de -48 kg.

Justiça

O projeto-lei que revoga o Cartão do Adepto é aprovado por unanimidade em votação final na Assembleia da República. O Cartão do Adepto tinha sido implementado nesta temporada, depois de a interdição de público nos recintos desportivos, devido à pandemia de COVID-19, ter adiado a aplicação da portaria, publicada em 26 de junho de 2020.

O Ministério Público mandatou 33 buscas, entre as quais à SAD do FC Porto, afirmando estar a investigar o pagamento de comissões superiores a 20 milhões de euros relacionados com transferências de futebolistas. Em causa estão "esquemas de fraude que envolvem a montagem de justificações contratuais, designadamente referentes a serviços de intermediação de contratos desportivos e consultoria, para suportar a atribuição, pelo FC Porto e pela sua SAD, de vantagens indevidas ou não declaradas em sede fiscal, em benefício de pessoas físicas e de outras sociedades".

Ao todo, são 12 os negócios em investigação: Casemiro, Brahimi, Quaresma, Aboubakar, Ricardo Pereira, Matheus Uribe, Militão, Felipe, Zé Luís, Oliver Torres, Fábio Silva e Danilo Pereira. As buscas enquadram-se na Operação Cartão Vermelho e envolvem os empresários de futebol Pedro Pinho e Alexandre Pinto da Costa, filho do presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa.

Ainda no mesmo mês, o FC Porto foi alvo de novas buscas, desta vez na Operação Prolongamento, em que Pinto da Costa é suspeito de usar a família para desviar dinheiro do FC Porto, avança o semanário 'Expresso'. As suspeitas de investigação recaíam sobre a a ex-mulher de Pinto da Cosa, Fernanda Miranda, que terá recebido milhares de euros das contas do clube para o pagamento de leasings.

Ainda no mesmo mês, o SC Braga e o Vitória de Guimarães foram alvo de buscas nas suas instalações no âmbito do Processo Fora de Jogo, fazendo este parte de uma mega operação de crimes de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais. As buscas focam-se em suspeitas de negócios simulados entre clubes de futebol e terceiros, com valores a rondar os 15 milhões de euros.

Ainda na mesma operação, uma equipa de inspetores da Autoridade Tributária e Aduaneira esteve nas instalações do Tondela, no âmbito de uma investigação em curso, tendo solicitado a colaboração do clube da I Liga. Fonte ligada ao processo disse à agência Lusa que a equipa de inspetores procurava “documentos relacionados com um processo de transferência de um jogador” de futebol, sem revelar, contudo, a que operação diz respeito. Soube-se depois que a investigação por parte do fisco junto do clube beirão estava relacionada com a transferência de Yordan Osorio do Tondela para o FC Porto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.